O admirável mundo novo da Matrix – aqui e agora

O admirável mundo novo da Matrix – aqui e agora

NabucoFin não é uma instituição financeira, mas um programa de livre-aprendizagem que permite usar instrumentos financeiros alternativos e inovadores, já existentes no mundo e no Brasil, para realizar as operações financeiras básicas sem depender de um banco. Assim, essa nova, intrigante, ousada e autossuficiente proposta de rede de fintechs se autodefine.

NabucoFin é o mapa da mina para um novo mundo de possibilidades financeiras, incluindo a curadoria sobre quais são os melhores instrumentos combinados com a inteligência de rede para potencializar um uso praticamente sem limites.

Parece atraente, embora a construção, imaginada e tocada pelo Nabucodonosor, um grupo de Curitiba – nascido de dentro de outro grupo, a Escola de Redes – possa parecer também hermética para simples mortais.

O NabucoFin é apenas o primeiro de um ecossistema autossuficiente do Nabucodonosor. O nome é inspirado na nave de Neo, o anti-herói da saga Matrix, filme de ficção científica que estourou nos anos 1990 e teve duas continuações.

É ousado, e como com dinheiro normalmente a grande maioria das pessoas prefira ser conservadora, vamos ver se a nave decola. O lançamento já foi adiado algumas vezes e agora está previsto para janeiro.

Leia mais algumas informações sobre o NabucoFin

O programa articula três elementos: a) Instrumentos, b) Operações e c) Rede (de pessoas). Nós não desenvolvemos a tecnologia física ou digital para criar novos instrumentos: aproveitamos todos (ou quase todos) instrumentos que já estão disponíveis. Mas desenvolvemos a tecnologia social (de rede) que permite que você possa usar os instrumentos financeiros alternativos para realizar as operações financeiras básicas apoiado em novos arranjos de pessoas que você conhece e nas quais confia.

AS 11 OPERAÇÕES BÁSICAS

01) Comprar fisicamente
02) Comprar online
03) Pagar contas
04) Realizar pagamentos e recebimentos entre pessoas (físicos ou online)
05) Fazer pagamentos para empresas
06) Receber de empresas
07) Emitir cobranças
08) Realizar saques
09) Fazer câmbio de moedas
10) Investir dinheiro
11) Tomar e pagar empréstimos

Uma décima-segunda “operação”, por assim dizer (por que não é uma operação estritamente financeira e nem é básica), foi acrescentada:

12) Como organizar um empreendimento em rede (usando os instrumentos e as operações de Nabuco Fin)

E tudo isso sem usar para quase nada os bancos tradicionais.

Nabuco Fin é apenas uma parte do Nabucodonosor que, além de finanças, pode desenvolver no futuro outros subsistemas dedicados à alimentação; saúde; educação; moradia; vestuário; transporte; viagens e hospedagens; comunidade e vizinhança; relacionamentos; entretenimento; comunicação; empreendimentos; política; filosofia, ciência e tecnologia; arte; e espiritualidade.

Queremos saber sua opinião:

EnglishPortuguês
%d blogueiros gostam disto: