Britânica Unlimint quer ajudar gringos a operar no Brasil – e vice versa

Britânica Unlimint quer ajudar gringos a operar no Brasil – e vice versa

Criada em 2009 no Reino Unido, e atualmente com mais de 300 colaboradores distribuídos em 14 escritórios internacionais, a Unlimint quer se tornar “a número 1 em pagamentos internacionais em todo o mundo, de Londres a Cingapura e de São Francisco a São Paulo”.

Para o CEO da Unlimint – o novo nome da Cardplay – , Kirill Evstratov, toda empresa que vende produtos e serviços online deve olhar para o Brasil, que na pandemia ganhou ainda mais adeptos das compras online – hoje, são mais de 80 milhões. “Além de ser a capital mundial das redes sociais, até o final deste ano a receita do mercado de e-commerce no Brasil deve crescer 20%, para US$ 17 bilhões”. A nova marca mescla unlimited (ilimitado) e menta (mint) – verde menta é a cor do logo da empresa, que remete a frescor.

A Unlimint atua como parceira nos ecossistemas de pagamentos nos países onde atua, ajudando empresas locais a se tornarem globais. “Oferecemos métodos alternativos de pagamentos por meio de um único sistema que os empreendedores podem facilmente integrar em suas lojas online ou aplicativo”, diz o CEO. “Estamos eliminando os limites entre o banco tradicional, as carteiras digitais e o pagamento com cartão”.

O rápido crescimento da Unlimint acompanha o crescimento meteórico do e-commerce globalmente, potencializado pela pandemia. “Há previsões que apontam que no Reino Unido, a circulação de dinheiro vai acabar até 2030. No entanto, 1,7 bilhão de pessoas ainda não têm acesso à economia virtual, pois não têm uma conta bancária, ou seja, todo esse potencial ainda é inexplorado”, diz Evstratov. Em 2020, a Unlimint fez 100 novas contratações e espera  contratar cerca de mais de 40 pessoas até o final do ano.

Fonte: Unlimint

%d blogueiros gostam disto: