Pool de fintechs da Bossa Nova aprova mais duas para investir: Plipag e Mutuus

Pool de fintechs da Bossa Nova aprova mais duas para investir: Plipag e Mutuus

O pool de fintechs da Bossa Nova Investimentos aprovou ontem mais duas fintechs para investir: a Plipag e a Muttus.

A Plipag, fintech de Curitiba acelerada pelo Sistema Fiep, oferece a gestão de clientes e pagamentos para empresas que cobram mensalidades recorrentes. O sistema emite faturas com a sua marca, envia por email, SMS e WhatsApp, manda lembretes antes do vencimento e ainda cobra os atrasados com juros e multa. E promete mais controle e menos inadimplência, permitindo inclusive que o cliente registre todo o faturamento no mesmo lugar, mesmo o que não recebeu pelo PLI.

A gaúcha Muttus é uma corretora digital de seguros especializada em pequenas e médias empresas. A proposta é facilitar a cotação e oferecer as melhores opções entre as seguradoras com as quais mantêm convênio. Entre as coberturas, oferece seguro de vida em grupo, seguro garantia e de carga. Segundo a Muttus, já atende mais de 650 clientes.

Com as essas duas, já são oito as fintechs escolhidas. Segundo disse ao portal Fintechs Brasil em outubro João Bezerra, líder do comitê de avaliação, o pool comprometeu 30% dos R$ 5 milhões em recursos nas primeiras seis fintechs. Até março, ele espera ter um total de 20 fintechs investidas. “Pena que não temos, hoje, capacidade para analisar mais propostas, porque tem muita coisa boa sendo criada no Brasil”. Bezerra diz que o pool pode fazer nova rodada de captação para atender mais fintechs no ano que vem.

O pool conta com a colaboração de um comitê de investimento composto por Priscila Debres, Diretora na Lebes Financeira; Jackson Gomes, ex-Diretor do Banco Original, mentor e investidor anjo; Eduardo Mazon, Diretor Executivo no Banco BMG; Carlos Augusto de Oliveira, Executivo do mercado financeiro, consultor de transformação digital, conselheiro e investidor anjo; Rodolfo Froes, investidor anjo e membro do conselho do Banco Fator; Rodolfo Fücher, Presidente da Associação Brasileira de Software (ABES), empreendedor e conselheiro, e Marco Antunes, vice presidente de sustentabilidade de negócios no Banco BMG.

A Bossa Nova, micro venture capital que investe em startups em estágio pré-seed com atuação em todo território nacional, criou o grupo específico para investimento em fintechs em julho.

EnglishPortuguês
%d blogueiros gostam disto: