Investidores tem R$ 5 bi para investir em startups em 2021, segundo pesquisa da Jupter

Investidores tem R$ 5 bi para investir em startups em 2021, segundo pesquisa da Jupter

A Comunidade Anjos e VCs da Jupter divulgou o Mapa e as Rotas de Investidores de Startups no Brasil 2020. Realizado ao longo deste ano com 128 players, através de um questionário com perguntas de múltiplas respostas, o Mapa revelou que há pelo menos R$ 5 bilhões declarados pelos investidores brasileiros em busca de oportunidades para serem investidos em novas startups.

A pesquisa revelou ainda que 88,3% dos investidores estão ativos para aplicar capital em novas startups, 70,3% já estão investindo e gerando portfólio, 28,9% estão em processo de estruturação de novos fundos e 13,3% estão ativos para novos investimentos, contra 16,4% que estão desinvestindo e 1,6% inativos para novos investimentos. São 37 novos fundos de investimentos sendo estruturados hoje no país, fato que deverá transformar o ambiente competitivo brasileiro.

Ainda segundo o levantamento, 39,8% dos entrevistados iniciam pela rodada Seed – que gera fundos para apoiar o desenvolvimento e a validação de produto e mercado da empresa; 15,6% em Pré-Seed, 14,8% em Series A, 12,5% em rodadas anjo e 11,7% em aceleração. A pesquisa também revelou que, atualmente, a fonte de recursos dos investimentos nas startups são de 71,7% dos proprietários, 47,5% de Family Offices e 30% de corporações, demonstrando o protagonismo do setor privado brasileiro e o grande apetite a risco das pessoas, famílias e empresas brasileiras.

“Uma das tendências de investimentos para os próximos meses é que os investidores especialistas ganhem mais espaço, amadurecendo o mercado, com financiamento de startups de segmentos específicos, como fintechs, agtechs, educação, construção civil e mercado imobiliário, healthtech, entre outros”, acredita Bruno Dequech Ceschin, líder da pesquisa e cofundador da JUPTER, plataforma para encontrar, financiar e lançar as startups.

Investor Trek

Para ajudar estreantes em investimentos de risco, a Comunidade de Investidores Anjos & VCs tem um programa com experiências práticas de investimentos em startups, chamado Investor Trek. A jornada de 2021, tem início em fevereiro e irá oferecer 100 horas de conteúdo.

O Investor Trek tem vagas limitadas, a duração é de 12 meses e é direcionado para investidores anjos, conselheiros de administração, empresários, gestores de capital de risco, assessores de investimentos, mentores de startups, executivos (c-level), herdeiros, entre outros profissionais que administram dinheiro.

Os participantes poderão aprender com os maiores especialistas do mercado de Venture Capital brasileiro, serem mentorados por eles, e compartilhar oportunidades reais de investimentos em startups – o que reforça o aprendizado contínuo para investidores.

Fonte: Jupter

%d blogueiros gostam disto: