Quase 90% dos 60 milhões de brasileiros com conta digital também usa os bancos convencionais

Quase 90% dos 60 milhões de brasileiros com conta digital também usa os bancos convencionais

Quase 90% dos 60 milhões de brasileiros que têm conta digital também têm nos bancos convencionais. Essa é uma das conclusões do estudo Brazil Digital Banking Survey: Understanding the “neobank” customer, do Credit Suisse. E todos eles disseram que pretendem manter ambas as contas. A razão é simples: a maioria usa os bancos digitais para transferências e pagamentos, mas 30% se dizem insatisfeitos com programas de benefícios e 24% com opções de crédito.

Veja o estudo completo aqui. Abaixo, as principais conclusões do estudo:

1) Há uma sobreposição significativa de clientes (87%) com bancos tradicionais, com maior sobreposição com clientes de bancos do setor público;

2) “Millennials” e “geração Z” nas classes C e D representam a maior parte da base de clientes (75%);

3) O nível de satisfação do cliente com neobanks é muito alto (100%), mas os bancos tradicionais e seus aplicativos móveis não ficam muito atrás (90%);

4) Segurança e comissões gratuitas estão entre os atributos mais valorizados pelos usuários do neobanks;

5) Os produtos transacionais livres de tarifas são os mais valorizados dentro do ecossistema de produtos;

6) Apesar do alto nível de satisfação com os neobancos, existe algum nível de insatisfação com os produtos principais relatados, especialmente produtos de crédito e programa de benefícios;

7) A grande maioria dos clientes dos neobanks planeja manter ambas as contas (contas tradicionais e neobank);

8) Nubank e Inter (e Next) são os que apresentaram maiores níveis de satisfação em relação aos pares.

EnglishPortuguese