Igah Ventures capta US$ 130 milhões; fintechs são um dos setores preferidos do fundo

Igah Ventures capta US$ 130 milhões; fintechs são um dos setores preferidos do fundo

A gestora brasileira de venture capital Igah Ventures, que nasceu da fusão da e.Bricks Ventures com a Joá Investimentos, concluiu nessa semana a captação do seu terceiro fundo de investimento.

No total, foram captados US$ 130 milhões para investir em pelo menos 17 startups. fundo tem apetite por diversos setores, mas fintechs estão entre os preferidos, segundo reportagem da Exame.

O fundo já fez seis investimentos em 2020 – Acesso Digital (atualmente, unico), Avenue, Conexa, Dr jones, 1 2 3 Beauty e bxblue – e deve anunciar mais dois cheques nas próximas semanas.

A captação do fundo começou em janeiro de 2020, quando a Igah nasceu, com a meta de levantar US$ 100 milhões. Em dois meses, foram levantados US$ 20 milhões; a captação foi suspensa com a pandemia, em março, mas retomada em setembro e concluída agora. Entre os investidores-âncora do fundo (que aportaram pelo menos US$ 5 milhões cada), está o conglomerado japonês SoftBank.

Fontes: Exame e Estadão

EnglishPortuguês