Com seis meses de vida e demanda crescente, a fintech de previdência Onze espera ampliar a clientela de 10 para 150 empresas neste ano

Com seis meses de vida e demanda crescente, a fintech de previdência Onze espera ampliar a clientela de 10 para 150 empresas neste ano
Reading Time: 2 minutes

A Onze, misto de gestora independente de recursos e fintech de previdência privada para empresas, planeja um salto considerável no tamanho do seu negócio para este ano. A meta é passar a atender 150 empresas, e 50 mil vidas – hoje são 10, e 4 mil beneficiários.

Antonio Rocha, que desde 2018 é sócio na Red Ventures (companhia de marketing e tecnologia sediada nos Estados Unidos), fundou a fintech para tornar a experiência de investir em previdência mais moderna e digital. A Onze é incubada na Red Ventures, e por enquanto tem fôlego para bancar seu crescimento, diz Rocha. “Mas esperamos fazer nova rodada de captação em 2021”.

“Queremos reinventar o segmento”, afirma o CEO. A Onze oferece, junto com os planos, uma consultoria de ‘saúde financeira’: “Preferimos o termo saúde e não educação; nos pautamos pelo exemplo da telemedicina e implantamos um atendimento online para os clientes”, explica. Além de controlarem tudo por meio de um aplicativo, é lá que os clientes acessam o módulo de saúde financeira que oferecem check-ups regulares e gratuitos, teleconsultas com especialistas e acesso a uma plataforma de aprendizado, com centenas de vídeos sobre finanças pessoais selecionados e atualizados constantemente.

“Queremos ressignificar o hábito de poupar para os brasileiros, e nos tornarmos uma grande aliada das empresas na atração e retenção dos talentos”. Segundo Rocha, educar o mercado sobre os benefícios da acumulação recorrente de capital e construção de patrimônio por meio da previdência é um grande desafio, por isso fatores como experiência mais amigável, taxas mais baixas, flexibilidade e autonomia são fundamentais”.

A Onze é uma gestora de investimentos regulada pela Comissão de Valores Imobiliários e Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, e tem a seguradora Zurich como parceira na oferta dos fundos de previdência.  “Nossa grade de fundos é bastante completa, temos até um fundo multimercado da própria Onze”, informa.

A fintech acredita que a previdência pode ser grande aliada na atração e retenção de talentos. A Onze tem planos sob medida e até sem custos – o que interessa principalmente às menores empresas, que estão pensando em começar a oferecer o benefício. “Nesse caso, a empresa não patrocina o benefício do colaborador, mas agrega valor ao incentivá-lo a poupar mais”, afirma Rocha.

EnglishPortuguês
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: