PicPay entra com pedido de IPO na SEC; recursos serão usados para ampliar seu marketplace financeiro

PicPay entra com pedido de IPO na SEC; recursos serão usados para ampliar seu marketplace financeiro
CEO do PicPay, José Antonio Batista

A carteira digital PicPay entrou ontem com pedicdo para realizar uma oferta inicial de ações na bolsa americana Nasdaq. No prospecto preliminar enviado à Securities and Exchange Comission (SEC), a PicS – subsidiária do grupo controlador J&F, da família Batista, nas Ilhas Cayman.

O PicPay acelerou seu crescimento com a pandemia, principalmente por conta do pagamento do auxílio emergencial. A ambição da fintech é ser um superapp, que mescla funções de banco digital com rede social, telefonia e marketplace de produtos e serviços. Como patrocinador do BBB Brasil 21, reality show exibido pela TV Globo, viu a demanda por seus cartões explodir.

Ainda segundo o prospecto, a companhia pretende usar o dinheiro levantado para ampliar o seu marketplace financeiro e prevê lançar serviço de anúncios até o final deste ano, alem de partir para fusões e aquisições.

O PicPay afirma também que tem uma base 1,2 milhão de lojistas e que teve receitas de 389,6 milhões de reais em 2020 e prejuízo de R$ 803,7 milhões de reais. Consultada, a empresa afirmou à Reuters que está pronta para dar lucro e que já opera com margens positivas. “O resultado está diretamente relacionado ao ritmo acelerado da nossa estratégia de crescimento”, disse em nota.

Outras duas companhias brasileiras do setor de pagamentos, a StoneCo e PagSeguro, também são listadas em bolsas dos Estados Unidos, assim como a plataforma de investimentos XP.

%d blogueiros gostam disto: