Lucro da XP Inc dobra, para R$ 846 milhões, e bate recorde; CEO reforça sonho de virar banco completo

Lucro da XP Inc dobra, para R$ 846 milhões, e bate recorde; CEO reforça sonho de virar banco completo

A XP Inc. registrou um lucro líquido ajustado de R$ 846 milhões no primeiro trimestre, uma alta de 104% em relação ao mesmo período do ano anterior. No período encerrado em 31 de março, a companhia atingiu R$ 715 bilhões em Ativos Sob Custódia (AUC na sigla em inglês), avanço de 96% na comparação com igual período de 2020.  A receita bruta foi de R$ 2,8 bilhões no primeiro trimestre de 2021, ante R$ 1,85 bilhão do mesmo trimestre de 2020, alta de 50%. O EBITDA Ajustado (lucros antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) também registrou avanço no período, chegando a R$ 1 bilhão no trimestre – 75% a mais em relação ao 1T20.

A XP Inc. somou um total de 3 milhões de clientes ativos no primeiro trimestre de 2021, um aumento de 47% em relação ao mesmo período do ano passado. A média mensal de entrada de clientes aumentou de 44 mil no quarto trimestre de 2020 para 72 mil no primeiro trimestre de 2021, refletindo a sazonalidade e a redução das taxas de corretagem para negociação de ações on-line na Rico e XP no terceiro trimestre de 2020, além dos esforços contínuos da companhia na atração e retenção de clientes e reconhecimento da marca. Já o chamado NPS (Net Promoter Score, índice que avalia a satisfação dos clientes) aumentou de 71 em dezembro para 74 em março.

No universo de serviços e produtos bancários, a XP Inc. lançou oficialmente seu cartão de crédito em março (XP VISA INFINITE), e atingiu uma carteira de crédito de R$ 4.7 bilhões ao final do 1T21, com NPL ratio de 0%.

“Nosso grande sonho é endereçar por completo a jornada financeira dos brasileiros. Neste trimestre demos mais um passo nesta direção, com o lançamento oficial de nosso cartão de crédito, XP VISA INFINITE, além do crescimento expressivo de nossa carteira de crédito (+22% vs. 4T20). Agora é seguir expandindo, com a conta digital e seguros, além de oferecer serviços bancários para empresas pequenas, médias e grandes. Em relação ao mundo corporativo, onde a concentração bancária também é elevada, acreditamos que oferece oportunidade similar à que encontramos no mundo de investimentos. Acredito que temos no Brasil uma das maiores oportunidades globais de ‘disrupção’ do setor financeiro tradicional”, disse em nota Guilherme Benchimol, fundador e CEO da XP Inc.

“Tivemos o melhor trimestre de nossa história, e reinvestiremos 100% do resultado em nosso crescimento. A escalabilidade e rentabilidade do nosso modelo de negócios permite acelerar investimentos em novas frentes, como o universo de serviços e produtos bancários. Conseguimos fazer isso mantendo um rígido controle de custos e eficiência. Isso nos permite entrar com uma estratégia vencedora, focados na experiência do cliente e com preços extremamente competitivos”, afirma Bruno Constantino, sócio e CFO da XP Inc.

EnglishPortuguês