SumUp capta R$ 300 milhões em FIDC para antecipar recebíveis de cartões dos clientes

SumUp capta R$ 300 milhões em FIDC para antecipar recebíveis de cartões dos clientes

A SumUp, fintech de soluções financeiras diversificadas para microempreendedores e profissionais autônomos, acaba de concluir a estruturação de um Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), com a captação de R$ 300 milhões.

A captação tem por finalidade financiar a antecipação dos recebíveis de cartão de crédito dos microempreendedores e profissionais autônomos que utilizam as maquininhas da SumUp em seus estabelecimentos comerciais, novo alvo de disputa das fintechs. A partir de 7 de junho, passa a valer a resluçnao do Banco Central que permite a portabilidade dos recebíveis do domicílio original para qualquer banco ou fintech.

A oferta foi coordenada pela XP Investimentos e pelo Banco BV e encerrada no último dia 13 de maio. A gestão do fundo ficará sob a responsabilidade do banco Genial. O fundo tem um prazo de 30 meses e conta com o rating “brAAA (sf)”, atribuído às cotas seniores pela agência classificadora de riscos Standard & Poor’s Rating Services.

“Essa é a nossa primeira captação por meio de um FIDC e nos ajudará a diversificar as fontes de financiamento para manter nosso propósito de fomentar o empreendedorismo”, explica Lilian Parola, líder da área de Mercados Capitais para América Latina, da SumUp.

“O fundo recebeu quase duas vezes mais ordens de compra do que o valor alvo da oferta. Estamos muito satisfeitos com a repercussão da operação. Queremos fazer outras emissões e ampliar o fundo”, comemora Mariana Lázaro, CFO para a América Latina da SumUp.

A captação chega poucos meses após a SumUp ter anunciado um aporte de 225 milhões de euros (cerca de R$ 1,3 bilhão) para as operações no Brasil, por meio de um condomínio de dívida de um total de 750 milhões de euros, que teve como participantes Goldman Sachs, Temasek, Bain Capital Credit, Crestline e Oaktree. As instituições se uniram para apoiar a empresa em seu objetivo de empoderar os pequenos empreendedores ao redor do mundo na construção de seus negócios.

%d blogueiros gostam disto: