Já pensou ganhar a vida oferecendo crédito a empresas sem precisar trabalhar em banco? Esse dia chegou: seja um Agente K.

Já pensou ganhar a vida oferecendo crédito a empresas sem precisar trabalhar em banco? Esse dia chegou: seja um Agente K.

UM CONTEÚDO LinKapital

O modelo de negócio da LinKapital, a mais nova fintech de crédito para empresas do mercado, se baseia em três pilares: tecnologia, originação e mercado de capitais. Apoiada neles, a LinKapital oferece quatro opções de crédito inovadoras, com juros que fazem sentido.

Mas, quem faz a ponte entre a plataforma tecnológica e os clientes? Quem leva toda essa inovação para o mercado? Um time de profissionais autônomos, batizados de Agentes K.

“É tudo tão simples e objetivo que assusta. Já simulamos algumas operações e ficamos surpresos com a eficiência”, diz Vitor Bearari, um dos primeiros Agentes K e um dos sócios do escritório de agentes autônomos Miha Capital, com sede em Araçatuba, no Oeste do Estado de São Paulo. Depois de trabalhar anos em um dos maiores bancos privados do país, Bearari já percebeu que agora seu desafio não é vender produtos, mas fazer negócios. “Ganhei muita experiência, mas hoje tenho mais liberdade, faço um trabalho mais estratégico. O modelo da LinKapital é muito disruptivo”. A Miha  também é agente autônomo de uma corretora, mas só deve exclusividade na distribuição de investimentos.

Os Agentes K são os responsáveis por contatar o cliente, entender suas dores, indicar o melhor tipo de crédito, alimentar a plataforma com as informações e, depois de conseguir a aprovação, acompanhar o ciclo de vida da operação. Eles originam e encaminham para a LinKapital que por sua vez analisa os dados, realiza um estudo prévio do crédito com base na tecnologia e processa a operação, inicialmente junto a agentes de crédito parceiros da plataforma e posteriormente por meio dos seus próprios veículos de financiamento.

Até agora, ainda em fase beta, a LinKapital já tem seis escritórios de Agentes K atuando, analisou mais de 40 pedidos de crédito com um valor superior a R$ 175 milhões no pipeline.

Quem pode ser um Agente K?

A Febraban prevê que nos próximos três anos os grandes bancos de varejo irão fechar ao redor de 30% das suas  agências físicas, o que significa que perto de 5 mil gerentes de banco podem ficar sem emprego. A LinKapital pretende preparar o melhor terreno para atrair uma fatia relevante desta mão de obra abundante e capacitada para fortalecer sua força de vendas, acelerar a composição da carteira de crédito. Melhorando assim tanto o Sistema de Crédito Brasileiro quanto a vida dos empreendedores e dos próprios Agentes K.

Se você tem experiência, proximidade com clientes e vontade de empreender, que tal se juntar ao time? Já está no ar um site para cadastramento dos interessados: www.agentek.com.br.

Além de gerentes de banco, podem ser Agentes K profissionais de escritórios de contabilidade ou advocacia, que conhecem as empresas e suas necessidades de caixa, outros prestadores de serviços financeiros e curiosos adeptos da ‘passion economy’ – ou seja, quem consegue transformar uma paixão em fonte de renda.

É claro que a remuneração tem que fazer sentido para os Agentes K também: a LinKapital remunera de acordo com o volume de originação e com a qualidade de crédito da carteira gerando um alinhamento de longo prazo. Tudo está acontecendo neste exato minuto e se desenhando de acordo com os primeiros passos de cada operação. Não fique de fora: acesse www.agentek.com.br, nos conte um pouco sobre você e receba as novidades em primeira mão.

Nessa jornada, #tamojunto com Miha Capital e em breve com você.

Co-Founders:
Renato Hersz, CEO

Hector Benitez,CTO
Luter Filho,CMO/CCO
Bruno Chiminazzo, COO
Fausto Morais, CSO

Quer saber mais sobre Juros que fazem sentido? Na próxima semana vamos revelar mais detalhes sobre a tecnologia disruptiva da LinKapital.

Siga-nos no LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/linkapitalbr/

%d blogueiros gostam disto: