Lucro da Stone no 1o. trimestre fica estável em R$ 158 milhões; excluindo os efeitos da Covid-19, houve alta de 15,5% em um ano

Lucro da Stone no 1o. trimestre fica estável em R$ 158 milhões; excluindo os efeitos da Covid-19, houve alta de 15,5% em um ano
Reading Time: 2 minutes

A fintech de meios de pagamento Stone teve lucro liquido de R$ 158 milhões no primeiro trimestre deste ano, o que representa praticamente uma estabilidade em relação ao obtido no mesmo período de 2020. Excluindo efeitos extraordinários – aumento das provisões contra inadimplência e incentivos financeiros dados a clientes, ambos relacionados à pandemia da Covid-19 – o lucro foi de R$ 187,4 milhões, representando uma alta de 15,5%.

O volume de transações (TPV) registrado pela Stone nos primeiros três meses deste ano chegou a R$ 50,1 bilhões, número 35,5% maior que no mesmo período de 2020. Quando excluído o volume de Coronavouchers, o TPV ficou em R$ 50,8 bilhões, 34,9% maior, na mesma comparação.

O total de receitas apurado pela Stone, que ultrapassou a marca de R$ 1 bilhão nos três últimos meses do ano passado, ficou em R$ 867,7 milhões no primeiro trimestre deste ano. O número representa, no entanto, um crescimento de 21,1% em relação à receita angariada nos primeiros três meses de 2020.

No período, a companhia teve uma adição líquida total de 60.200 clientes, chegando a uma base ativa de 722,3 mil. Em todo o ano passado, a Stone havia adicionado 171,7 mil clientes à sua base.

“Os fortes sinais de tração e engajamento dos usuários atuais de nossa Plataforma ABC (adquirência, banking e crédito), juntamente com as tendências de digitalização do comércio, nos encorajaram a continuar evoluindo nossas soluções para criar um Sistema Operacional Financeiro unificado para PMEs, online e offline”, disse Thiago Piau, o CEO da StoneCo, em nota. “No passado, adotamos a abordagem de construir soluções separadas, pois era a melhor maneira de crescer rápido, aprender sobre o mercado e obter feedback do cliente. Agora decidimos integrar nosso conjunto de soluções e já migramos aproximadamente 70% da base de clientes da Stone PME para nossa nova plataforma”.

EnglishPortuguês
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: