No dia da estreia da portabilidade dos recebíveis de cartões no país, Itaú lança ferramenta para reter seus clientes PJ

No dia da estreia da portabilidade dos recebíveis de cartões no país, Itaú lança ferramenta para reter seus clientes PJ

No dia da estreia da portabilidade dos recebíveis de cartões no país, o Itaú anunciou uma nova ferramenta para reter seus clientes. O banco foi o primeiro, mas não será o único: com um mercado estimado em mais de R$ 2 trilhões, os bancos donos das empresas de maquininhas – o Itaú é dono da Rede – vão perder a exclusividade.

A portabilidade vai permitir que as empresas registrem as faturas a receber das vendas feitas com cartões de qualquer banco em três centrais diferentes – CIP, Cert e TAG – ficando visíveis para todo o sistema. Assim, poderão receber ofertas de crédito por parte de qualquer banco pela antecipação dos seus recebíveis. A portabilidade de recebíveis de cartão foi regulamentada pela Resolução CMN nº 4.734, de 2019, e pela Circular BCB nº 3.952, de 2019.

Em nota, o Itaú informou que o novo Gerenciador Financeiro de Cartões vai permitir que a empresa cliente visualize seu saldo a receber como garantia em mais de uma instituição financeira – inclusive os que estiverem nos concorrentes. A inciativa pretende fidelizar seus clientes e ampliar a carteira de empréstimos nessa modalidade. Com a nova ferramenta, o Itaú também antecipa sua entrada na segunda fase do Open Banking – que começa oficialmente no dia 15.

Por enquanto, a solução está disponível só no app Itaú Empresas no computador – a estreia no app para celulares deve ocorrer ainda este mês. Com ela, o cliente terá uma visão unificada dos valores a receber referentes a todos os pagamentos recebidos por meio de cartões – independentemente das credenciadoras com que trabalham e dos bancos nos quais ocorre o recebimento dos valores. No caso daqueles creditados no Itaú e disponíveis no mercado, será possível visualizar as entradas por mês e por dia – permitindo identificar com facilidade em que período os recebíveis estão concentrados e simplificando a gestão.

“Além de unificar todos os recebíveis do cliente, o Gerenciador vai permitir que ele veja o que está em garantia e o que ainda está livre para contratar crédito, digitalmente. Queremos prestar o melhor serviço a quem recebe por cartões – tanto com essa facilidade quanto com a oferta de crédito mais assertivo e barato, que será possível com a nova regulamentação”, explica André Daré, diretor de produtos para empresas do Itaú Unibanco.

Para reforçar o lançamento da novidade, o Itaú colocou no ar a campanha “Combo Imbatível 0, 1, 2 +”, que reforça alguns dos benefícios oferecidos pelo Itaú Empresas. Segundo o banco, custo zero para o cliente gerir seus recebíveis com facilidade nos canais digitais; a centralização de todas as informações de recebíveis de cartões em um só lugar; a possibilidade de receber o valor das vendas à vista nas maquininhas da Rede em dois dias, sem custos adicionais; e a possibilidade de maior acesso a crédito com base nos recebíveis.

Os clientes PF e PJ que quiserem iniciar a autorização de compartilhamento de dados com o Itaú já pode manifestar essa opção se cadastrando no site do banco por meio do https://www.itau.com.br/open-banking/.

EnglishPortuguês
%d blogueiros gostam disto: