Ebanx recebe “aporte pré-IPO” de US$ 430 milhões da Advent International

Ebanx recebe “aporte pré-IPO” de US$ 430 milhões da Advent International
Alphonse Voigt, Wagner Ruiz e João Del Valle, fundadores do Ebanx
Reading Time: < 1 minute

O Ebanx recebeu aporte de US$ 430 milhões da Advent International, um dos maiores investidores globais de private equity. Desse total, US$ 400 milhões serão investidos agora e os outros US$ 30 milhões estão comprometidos com o futuro IPO da fintech. A notícia saiu primeiro na Reuters e no portal de notícias Labs, do próprio Ebanx.

Segundo o Labs, o aporte pré-IPO é um dos maiores já recebidos por startups da América Latina, atrás, apenas, dos US$ 525 milhões recebidos pela Loft em março e abril (Série D e complemento), do aporte de US$ 1 bilhão da Rappi em 2019 e da rodada Série G de US$ 1,15 bilhão do Nubank, cujas extensões foram anunciadas semana passada.

Com o investimento, a Advent passa a fazer parte do conselho do Ebanx, ao lado da FTV Capital, responsável pelas duas últimas (e únicas) rodadas da fintech, incluindo aquela cujo valor não foi revelado mas que a transformou em unicórnio, em 2019. 

Os investimentos recentes da Advent na América Latina incluem Nubank, CI&T, Prisma Medios de Pago, Grupo BIG, Enjoy, Grupo Farmacêutico Somar, YDUQS, e Canvia. No ano passado, a Advent levantou US$ 2 bilhões para o sétimo fundo de private equity dedicado à América Latina (batizado de LAPEF VII). 

Para essa rodada, a Advent tirou recursos de quatro programas de investimento: o Latin American Private Equity Fund (LAPEF), Global Private Equity (GPE), Advent Tech (AGT) e Sunley House Capital (SH). Esta é a primeira vez na história que os quatro programas de investimento geridos pela Advent investem em um mesmo negócio. 

A fintech brasileira se concentra no processamento de pagamentos na América Latina de clientes de sites globais como AliExpress, Airbnb e Spotify. Nste ano, o Ebanx deve processar mais de US$ 7 bilhões em volume total de pagamentos (TPV), dobrando em relação a 2020, segundo disse o CEO do Ebanx João Del Valle à Reuters.

EnglishPortuguês
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: