Fintech Veriza levanta R$ 1,5 milhão pela plataforma CapTable, com 364 investidores

Fintech Veriza levanta R$ 1,5 milhão pela plataforma CapTable, com 364 investidores
Paulo Deitos e Guilherme Enck, cofundadores da CapTable
Reading Time: 2 minutes

CapTable, plataforma de crowdfunding para investimentos em startups, acaba de finalizar mais uma captação. A rodada de aportes para a Veriza foi concluída em 19 horas, ficando entre as mais rápidas já realizadas pela plataforma.

A fintech, que oferece microcrédito para grupos de microempreendedores de forma 100% digital, recebeu R$ 1,5 milhão. Ao todo, 364 investidores se tornaram sócios da Veriza com investimentos a partir de R$ 1 mil. 

O investimento captado via CapTable será destinado ao crescimento da fintech, ao fortalecimento das equipes de UI/UX, desenvolvedores, inside sales e operações, marketing digital, investimento em ambiente de tecnologia, tecnologias de avaliação de risco e integração tecnológica.A fintech tem um plano de expansão que conta com parcerias com instituições financeiras, buscar recursos de fundos de direitos creditórios e até mesmo contar com recursos de fundos dedicados a iniciativas ESG. 

O CEO da Veriza, Juvêncio Braga, destaca que os investimentos são importantes para o fomento da expansão da fintech. “Nossa projeção é aumentar os resultados operacionais para R$43 milhões, realizando mais de 225 mil operações até o ano de 2025”, diz Braga.

Microcrédito coletivo

A Veriza é a primeira fintech a oferecer microcrédito em grupo para microempreendedores de forma totalmente digital. O serviço oferecido pela fintech vai na contramão de tudo aquilo oferecido pelas grandes instituições. Pois oferece maior facilidade para os empreendedores que buscam crédito para alavancar seus negócios. 

O objetivo da Veriza é sanar dores dos microempreendedores informais, que dificilmente têm acesso ao crédito com bancos tradicionais, e, quando conseguem, esbarram em altas taxas de juros, processos burocráticos e demora na liberação dos valores. 

“Nossa meta é atender os empreendedores que são esquecidos pelas instituições financeiras tradicionais. Segundo dados do IBGE, o Brasil conta com mais de 30 milhões de microempreendedores informais, que podem contar conosco para conseguir crédito e estimular o crescimento de seus negócios”, afirma Juvencio Braga, CEO da Veriza.

Para ter acesso ao crédito, o microempreendedor deve acessar a plataforma da Veriza, fazer a simulação de empréstimo e depois convidar outros empreendedores que fazem parte de seu convívio social. 

Os convidados devem aceitar o convite, fazer um cadastro e, após essas etapas, a Veriza realiza uma análise de crédito para então liberar as cédulas de crédito bancário que devem ser assinadas pelos empreendedores. Ao fim deste processo, os valores são liberados aos participantes que têm até seis meses para fazer o pagamento do crédito. 

Crescimento de 54%

A CapTable já ajudou startups a levantarem R$ 17 milhões neste ano, 54% mais do que em todo o ano passado. A Veriza se tornou a 11ª a buscar aporte desde janeiro. “Após um ano de crescimento, embora tenha sido com muita desconfiança em decorrência da pandemia provocada pela Covid-19, estamos presenciando o início do caminho para o verdadeiro auge do mercado de crowdfunding de investimentos no Brasil”, informa Guilherme Enck, cofundador da CapTable.

A CapTable, que já conta com investidores de todos os estados brasileiros, registrou mais de 1.200 novos investidores nos últimos seis meses. Somando-se aos 2.700 usuários que já realizavam investimentos via CapTable, a plataforma conta hoje com quase 4 mil investidores.

EnglishPortuguês
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: