Grana Capital capta R$ 5 milhões pela plataforma de crowdfunding SMU em quatro dias

Grana Capital capta R$ 5 milhões pela plataforma de crowdfunding SMU em quatro dias
André Kelmanson, CEO da Grana Capital

A fintech carioca Grana Capital, que oferece um aplicativo para automatizar integralmente a gestão do Imposto de Renda para pessoas que operam na Bolsa, fez uma captação de R$ 5 milhões em apenas quatro dias na plataforma de equity crowdfunding SMU. Esta é a primeira vez que uma empresa recebe na SMU a quantia máxima permitida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para tal modalidade e o terceiro caso na história do crowdfunding de investimentos no Brasil. O aporte mínimo era de R$ 3 mil e, ao todo, 639 investidores participaram da rodada. Segundo a fintech, já há fila de espera para novas reservas caso haja alguma desistência.

O valor de R$ 5 milhões alienou 15,6% do capital, totalizando um valuation de R$ 32 milhões. A captação foi a segunda feita pela Grana Capital na SMU: em setembro do ano passado, a fintech recebeu R$ 700 mil de 75 investidores, também em um período de quatro dias, para ganhar tração e aumentar a quantidade de usuários no aplicativo. Desde então, o número de clientes cadastrados subiu de 1.030 para 54.500, e o valuation aumentou cerca de cinco vezes.

“Com esse aporte, a empresa atinge um novo patamar. Concluímos a fase de validação do produto e entramos na etapa de escalar a receita. O mais gratificante é saber que muitos dos 639 investidores são nossos usuários, pessoas que gostaram do produto a ponto de quererem fazer parte dele. Os recursos serão usados para fazer do Grana a ferramenta de IR da Bolsa mais usada pelos brasileiros. Isso inclui investimentos em melhorias para o produto, desenvolvimento de novas funcionalidades, estratégias de marketing e crescimento da equipe”, afirmou, em nota, o CEO da Grana Capital, André Kelmanson.

EnglishPortuguês
%d blogueiros gostam disto: