Fintechs voltam a liderar ranking de atração de investimentos no país, segundo a Distrito: US$ 2,4 bi, quase metade do total

Fintechs voltam a liderar ranking de atração de investimentos no país, segundo a Distrito: US$ 2,4 bi, quase metade do total
Reading Time: < 1 minute

O volume total de investimento recebido pelas startups brasileiras durante no primeiro semestre de 2021 alcançou o valor de US$ 5,2 bilhões, superando em 45% o total investido em 2020 (US$ 3.5 bilhões). Quase a metade, ou US$ 2,4 bilhões, foi investido em fintechs. Mesmo excluindo mega captação de US$ 1,15 bilhão do Nubank desse grupo, ainda restam US$ 1,25 bilhão – quase 50% a mais do que o segundo colocado no ranking, o setor de Real Estate. Os numeros são do Inside Venture Capital Report, da Distrito.

De janeiro a junho de 2021 foram realizados 339 aportes, número aproximadamente 35% superior a 2020. As fintechs concentraram 75 deals.

O estudo revela ainda que 2021 há uma nova tendência de consolidação para alguns setores dentro do ecossistema. Neste primeiro semestre mais da metade das fusões e aquisições aconteceram entre startups ou por startups. Com o ecossistema irrigado por capital e com as startups atuantes e ávidas por consolidar posições, acreditamos que ultrapassaremos os 250 deals até o final do ano.

EnglishPortuguês
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: