Segurança: como evitar fraudes nas solicitações de empréstimo

Segurança: como evitar fraudes nas solicitações de empréstimo

UM CONTEÚDO ACCREDITO

Conseguir um empréstimo online é uma alternativa ao alcance de muitas empresas, e pode ser a solução ideal para várias necessidades. Mas, como toda transação financeira, exige cuidados para que não se transforme em um problema. Existem diversos golpes na praça, no entanto é possível evitá-los conhecendo os riscos e tomando algumas precauções básicas. 

Os golpes financeiros estão no topo da lista dos mais frequentes durante a pandemia. Segundo levantamento da DFNDR lab, laboratório de cibersegurança da Psafe, foram registradas mais de 1,6 milhão de tentativas de golpes em 2021, somente no Brasil, o que representa uma média de mais de 17 mil ataques ao dia. 

No mesmo período analisado, dobraram os golpes identificados como phishing, estratégia de engenharia social que induz o usuário a fornecer informações confidenciais e pessoais, como senhas e números de cartões. Cerca de 70% dos golpes, de acordo com o levantamento da Febraban, são criados a partir de engenharia social.

A ACCREDITO, por exemplo, adota proativamente várias medidas para evitar esses ataques, garantir um ambiente de negociação seguro e proteger o usuário:

  • Protege os dados e não os compartilha sem a prévia autorização do usuário, cumprindo as determinações da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD);
  • Coleta e armazena informações de IP, site de origem, data/hora da visita, atividade, navegador e sistema operacional.
  • Atualiza periodicamente as estratégias de segurança e termos de privacidade, mantendo atualizados de acordo com as leis vigentes e necessidades do público;

Aqui é possível encontrar a política de privacidade de dados da ACCredito completa, com todas as informações necessárias sobre a gestão e uso de dados.

DICAS

Pensando na proteção dos seus dados, evite fornecê-los para sites suspeitos. Golpes conhecidos utilizam sites e landing pages semelhantes às originais das instituições para capturar os dados do usuário para, futuramente, utilizá-los para solicitar crédito. 

Evite clicar em e-mails suspeitos

Sempre confira o domínio do correio eletrônico recebido. Caso abra, evite, de qualquer maneira, clicar nos links e arquivos anexados. Em alguns casos, ao baixar você deixa o seu computador vulnerável a invasões, ou/e a propagação para a sua lista de contatos.

Proteja-se do phishing¹, passe o antivírus em sites suspeitos e e-mails

Muitos antivírus já se prepararam para identificar possíveis golpes e vírus nos sites clandestinos e e-mails. Com essa precaução o usuário pode se proteger de uma armadilha que custaria muito para a sua respectiva empresa ou a si mesmo.

Além disso, não preencha formulários recebidos por e-mail solicitando informações pessoais, seu cartão ou senhas. Evite baixar programas, arquivos ou imagens recebidos como anexos de remetentes que você não confie. 

¹ Phishing ou phishing/scam, é o tipo de fraude por meio da qual um golpista tenta obter dados pessoais e financeiros de um usuário, pela utilização combinada de meios técnicos e engenharia social. O phishing ocorre por meio do envio de mensagens eletrônicas que tentam se passar pela comunicação oficial de uma instituição conhecida, como um banco, uma empresa ou um site popular.

Em hipótese alguma, forneça dinheiro adiantado

Nenhuma instituição de confiança solicitará depósitos para aprovar o crédito. Esse é um dos tipos mais comuns de golpe, no qual o golpista procura induzir uma pessoa a fornecer informações confidenciais ou a realizar um pagamento adiantado, com a promessa de futuramente receber algum tipo de benefício. Na dúvida, entre em contato com o canal oficial da empresa para confirmar se não está caindo em uma armadilha.

Verifique a reputação da instituição

Levante as informações, antes de fornecer qualquer dado. Busque sites que trazem a reputação e reclamações para facilitar sua busca, um exemplo de plataforma que facilita esse serviço é o Reclame Aqui. Você pode buscar também as próprias redes sociais e comentários dos usuários que marcaram a instituição em comentários e publicações.

Atenção aos detalhes 

Confira o endereço eletrônico do site antes de fornecer qualquer informação. Veja se a URL começa com HTTPS (mais confiável) e não com HTTP.

Consulte sites que ajudam na identificação de URLs suspeitas, por exemplo o Whois as informações do domínio, ele disponibiliza diversos dados que você poderá utilizar para validar se é oficial da empresa que você deseja fazer negócio, ou se é um site clonado com a intenção de roubar seus dados. Ou o PSafe, que informa se o site é seguro, ou não.

Opte por instituições que estejam de acordo com a LGPD

A segurança dos dados nunca foi tão importante quanto atualmente. Evite empresas que não se adequaram à Lei Geral de Proteção de Dados. Leia os termos de privacidade e entenda quais dados serão necessários para qual ação. Saber do que está sendo compartilhado e o nível de segurança no armazenamento deles é crucial. 

Leia também:

EnglishPortuguês
%d blogueiros gostam disto: