PagSeguro registra nova queda no lucro, que ficou em R$ 271,1 milhões no segundo trimestre

PagSeguro registra nova queda no lucro, que ficou em R$ 271,1 milhões no segundo trimestre

A PagSeguro PagBank registrou lucro líquido de R$ 272,1 milhões no segundo trimestre deste ano, resultado 8,2% inferior ao obtido no mesmo período do ano passado.No trimestre anterior a fintech, que tem ações na bolsa norte-americana Nasdaq, teve lucro líquido de R$ 271 milhões, uma queda de 24% ante mesmo período de 2020.

Já as receitas totais da companhia se expandiram em 74,6% na mesma comparação, e somaram R$ 2,37 bilhões entre abril e junho. NO trimestre anterior a alta das receitas havia sido de 30%.

O volume total de pagamentos (TPV, na sigla em inglês) consolidados saltou 154% e alcançou R$ 102 bilhões no segundo trimestre.

Isolado, o TPV do PagBank liderou a expansão, em alta de 341,2% ante o segundo trimestre do ano passado, e já corresponde a quase metade do volume consolidado, com R$ 45,6% do total.

A geração de caixa medida no Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) ficou em R$ 628,6 milhões. A quantia é 34,3% superior à verificada no mesmo período de 2020.

No final de julho, em comunicado enviado para a imprensa, a empresa informou que atingiu mais de 11 milhões clientes ativos no PagBank, 2,1 milhões deles conquistados nos últimos três meses.

“Esse crescimento foi resultado do maior engajamento dos clientes no PagBank e do sucesso das novas iniciativas em pagamentos, entre elas o crescimento em transações online (e-commerce) e o foco na distribuição de maquininhas para pequenos e médios comerciantes através de hubs”, disse o comunicado.


No critério pagamentos, o crescimento de volumes de vendas processados pelo PagSeguro foi de 89%, totalizando R$ 56 bilhões, crescimento que a fintech atribui às novas iniciativas da companhia de atender também pequenos e médios empreendedores brasileiros.


No começo de junho, o PagSeguroPagBank anunciou o fechamento de novas parcerias com as gestoras Ibiúna, RPS Capital, Western Asset, Helius Capital, Santa Fé e AZ Quest para distribuir fundos de investimentos pelo app, acrescentando, segundo anunciado pelo PagBank, R$ 85 bilhões sob gestão e 10 milhões de usuários ativos no app.

Leia também:

%d blogueiros gostam disto: