TecBan fecha parceria com fintech Klavi para ampliar alcance do Open Banking

TecBan fecha parceria com fintech Klavi  para ampliar alcance do Open Banking

Klavi, fintech especializada em inteligência e processamento de dados financeiros uniu-se a plataforma de Open Banking as a Service da TecBan para impulsionar o ecossistema de finanças abertas no Brasil. A parceria oferece uma solução às instituições participantes do Open Banking que, além de atender à regulação do Banco Central, também permitirá o consumo de dados vindos dos principais players financeiros do mercado.

As instituições financeiras poderão contar com o conhecimento prévio da TecBan e da Klavi para lançar novos produtos e serviços aos seus clientes num curto espaço de tempo, garantindo time-to-market, relevância e pioneirismo. A solução conjunta permite implementar e gerir o novo sistema financeiro aberto e, ao mesmo tempo, conectar instituições financeiras de todos os tamanhos a fim de consumir e analisar os dados recebidos.

Como parte de um processo natural de evolução para as duas empresas, a parceria trará à TecBan a ampliação da atuação para além da exposição de dados conforme exige a regulação do Open Banking, adicionando uma camada de Consumo, Normalização e Classificação de Dados, além da capacidade de Processamento do Dado, para gerar diferencial competitivo aos seus clientes. Para a Klavi, a parceria traz toda a experiência e solidez da plataforma Open Finance TecBan, já conhecida e aprovada pelo mercado financeiro, tanto no Brasil quanto no mundo.

As novas funcionalidades possuem interface simples e intuitiva, Plug&Play – só ligar e usar-, são totalmente customizáveis, podendo ser aplicadas de acordo com o fluxo da operação da Instituição, com todas as camadas de segurança e privacidade, além da experiência de processamento de milhões de transações e total adequação ao mercado e comportamento do usuário brasileiro.

“A parceria com a TecBan vem para reforçar o propósito da Klavi de possibilitar o acesso ao Open Banking para todos e na prática, trazendo benefícios reais a todo ecossistema financeiro. Com o know-how da Klavi e a solidez da TecBan conseguiremos ampliar as possibilidades para empresas e consumidores, por meio de uma API completa, integrada e segura”, ressalta Bruno Chan, CEO da Klavi.

“Acreditamos que o Open Banking deve transformar o sistema financeiro brasileiro na próxima década, proporcionando novas oportunidades de negócios, concorrência e inovação. Desde o início do ano a plataforma de Open Banking as a Service da TecBan está em operação, auxiliando as instituições participantes a implementarem o Open Banking e, agora, com essa parceria, estamos evoluindo a nossa atuação para além dos requisitos obrigatórios, avançando para prestar serviços ao usuário final do Open Banking”, afirma Tiago Aguiar, Head de Novas Plataformas da TecBan.

Na última década, a TecBan investiu mais de R$4 bilhões para garantir a inclusão financeira de todas as classes sociais, em todas as regiões do país. Já a Klavi, afirma seu potencial de desenvolvimento. Em menos de um ano no mercado, a empresa processou mais de 100 milhões de transações.

Segunda fase do Open Banking começa amanhã

Amanha, dia 13/8, começa a valer a 2ª fase do Open Banking, de acordo com o Banco Central. A partir da data, os clientes poderão autorizar o compartilhamento de seus dados financeiros com as instituições participantes, bem como informações sobre empréstimos, cartões e transações contratadas.

Com a chegada do novo modelo, o cliente assume totalmente o controle dos seus dados e poderá oferecê-los de forma segura a terceiros e anular esse consentimento a qualquer momento.

Nas próximas fases, o Open Banking deverá promover o compartilhamento também para as transações de pagamento, encaminhamento de operações de crédito, câmbio, seguros e previdência.

Leia também:

EnglishPortuguês
%d blogueiros gostam disto: