Novo Código Eleitoral aprovado pela Câmara obriga fintechs a abrir contas para partidos políticos e candidatos

Novo Código Eleitoral aprovado pela Câmara obriga fintechs a abrir contas para partidos políticos e candidatos
Photo by Element5 Digital on <a href="https://www.pexels.com/photo/person-dropping-paper-on-box-1550337/" rel="nofollow">Pexels.com</a>

As fintechs regulamentadas como Instituição de Pagamento (IP) foram incluídas entre as entidades que serão obrigadas a abrir contas para partidos políticos e para candidatos. O projeto de lei que institui um novo Código Eleitoral foi aprovado dia 9/9 por 378 votos contra 80 na Câmara dos Deputados.

Muitas das instituições de pagamento alegam não ter capacidade operacional para atender aos dispositivos do projeto de lei e consideram inexequível o prazo de implementação do serviço para a eleição de 2022.

Os deputados ainda votarão emendas ao projeto de lei antes de enviarem o texto ao Senado. Lideranças do Senado têm afirmado que a proposta é complexa e deverá passar por extensa discussão na Casa, o que inviabilizaria a sua aprovação a tempo da eleição do ano que vem.

As informações são do site Metropoles.

Leia também:

%d blogueiros gostam disto: