SoftBank lança segundo fundo para startups na A. Latina, com aporte inicial de US$ 3 bi; fintechs são um dos seis setores preferidos

SoftBank lança segundo fundo para startups na A. Latina, com aporte inicial de US$ 3 bi; fintechs são um dos seis setores preferidos

O SoftBank, grupo japonês responsável por investimentos em tecnologia ao redor do mundo, anunciou hoje o lançamento do SoftBank Latin America Fund II, seu segundo fundo de investimento privado dedicado e com foco exclusivo em empresas de tecnologia no mercado latino-americano, com um compromisso inicial de US$ 3 bilhões.

“O trabalho e a visão incríveis que os empreendedores latino-americanos vêm demonstrando nos dá confiança de que sua transformação digital continuará a acelerar – na verdade, esperamos que 2022 seja o maior ano em termos de IPO da história da América Latina. Agora é a hora de dobrarmos nosso compromisso com a região”, diz Marcelo Claure, diretor do Softbank Group que lidera os SoftBank Latin America Funds.

O Fund II pretende investir em empresas habilitadas para tecnologia, em todos os países da região, em todos os estágios de seu desenvolvimento, desde a fase inicial até se tornarem públicas. Sua meta é identificar investimentos em potencial que utilizam tecnologias emergentes e IA para definir e remodelar novos setores, com foco em comércio eletrônico, serviços financeiros digitais, saúde, educação, blockchain e softwares corporativos, entre outros.

O Fund II se baseia no sucesso do SoftBank Latin America Fund, que foi lançado em março de 2019, com um compromisso de US$ 5 bilhões do SoftBank.

“A América Latina é uma das regiões econômicas mais importantes do mundo e o SoftBank continuará impulsionando a adoção de tecnologia que beneficiará centenas de milhões de pessoas. Há muita inovação e disrupção ocorrendo na região e acredito que as oportunidades de negócios nunca foram tão grandes. A América Latina é uma parte crucial de nossa estratégia – e é por isso que estamos expandindo nossa presença e dobrando nosso compromisso, com Marcelo no comando”, diz Masayoshi Son, diretor executivo do SoftBank Group.

Além de Claure, com uma equipe de investimentos – dirigida pelos Sócios Shu Nyatta e Paulo Passoni – e uma equipe de operações liderada por Alex Szapiro, Sócio Operacional e Head no Brasil. As equipes de investimentos e operações se situam em Miami, São Paulo e Cidade do México, com um total de mais de 60 pessoas

Leia também:

EnglishPortuguês
%d blogueiros gostam disto: