Ícone do site Fintechs Brasil

Fintech Meu Crediário avança em soluções tipo “buy now, pay later” para seus clientes varejistas

happy woman shopping online at home

Photo by Andrea Piacquadio on Pexels.com

Proprietário de um sistema de gestão especializado no crediário próprio multicanal e um dos pioneiros em ‘buy now pay later’ (BNPL) no Brasil, o Meu Crediário acaba de lançar o Meu Crediário Garantido. O produto promete ao lojista a garantia do recebimento das parcelas do crediário, mesmo se o cliente não efetuar o pagamento. 

Inicialmente, o serviço estará disponível para lojas de calçado, moda e óticas que já possuem crediário próprio e buscam mais tecnologia e praticidade na operação das vendas a prazo. A expectativa da empresa é alcançar R$ 1,5 milhão de vendas mensais nessa modalidade até o fim do ano. Atualmente, o volume bruto de mercadorias (GMV) anual da operação do Meu Crediário é superior a R$ 500 milhões e a projeção para 2022 é atingir R$ 1 bilhão.

Segundo Jeison Schneider, CEO da fintech, neste modelo, todo o risco da operação de crédito é do Meu Crediário. “Desde o processo de análise para concessão de crédito, limite disponível e exposição ao risco. O lojista não precisa se preocupar com a inadimplência e com nenhuma outra questão operacional de serviço e cobrança. Outra característica do nosso modelo é a total flexibilidade que a loja tem para escolher se quem assume a taxa do serviço é ela mesma, o cliente ou se será dividida entre a loja e o consumidor”, explica. 

Como os outros produtos da fintech, o Meu Crediário é voltado aos pequenos e médios varejistas. “Disponibilizamos a essas redes um modelo usado por grandes players do varejo, não apenas no que diz respeito à tecnologia e software, mas também à alavancagem financeira. As compras no crediário ainda são muito utilizadas principalmente pelo público de classes C e D. É uma modalidade que segue crescendo e é fundamental para a sustentação do setor, uma vez que o crediário representa hoje 40% do faturamento dos lojistas, em média”, argumenta Schneider.

Por ser digital e sem papel, o BNPL permite aos clientes realizarem todas as transações por meio do aplicativo, sem a necessidade de assinar um carnê na loja física. O cliente também tem a opção de realizar o pagamento das parcelas dentro do próprio aplicativo via boleto bancário ou Pix. “Vale destacar ainda que o app unifica todas as lojas ligadas ao grupo Crediário Digital, que inclui o Meu Crediário, a Tidas e a Servipa. Ao todo são mais de 2 mil lojas parceiras em todo o Brasil”, revela o CEO do Meu Crediário. 

Leia também:

Sair da versão mobile