Bradesco compra participação do BB no Digio, no qual eram sócios; valor é de R$ 625 milhões

Bradesco compra participação do BB no Digio, no qual eram sócios; valor é de R$ 625 milhões
Foto: Savvas Stavrinos

O Bradesco anunciou ao mercado em fato relevante que comprou a parte do Banco do Brasil no Banco Digio.

A compra de 49,99% vai custar R$ 625 milhões e, com isso, o Bradesco será o único dono do banco digital.

O Digio tem atualmente cerca de 2 milhões de cartões de crédito e também oferece contas e crédito pessoal aos seus clientes. A sua carteira de crédito é da ordem de R$2,5 bilhões.

Em nota, o Bradesco afirma que “a transação está alinhada com sua estratégia de investir em empresas digitais, complementando de maneira diversificada a sua atuação e atingindo variados públicos, com diferentes modelos”.

A conclusão da operação está sujeita à aprovação do Banco Central do Brasil e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, além do cumprimento de outras formalidades necessárias.

No final de agosto, o Digio divulgou lucro líquido de R$ 36,7 milhões no primeiro semestre de 2021, um aumento de 497% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado representa o maior patamar alcançado em um semestre desde o início da operação, em 2016, quando ainda era chamado de CBSS.

Os resultados estão relacionados a estratégia de crescimento sustentável ao longo dos últimos anos e a diversificação de produtos financeiros do Digio. No último ano, a “bantech” deu um salto de 70% na sua base, indo de 1,6 milhões para 2,7 milhões de clientes.

Leia o fato relevante aqui.

Leia também:

%d blogueiros gostam disto: