Receita da Wise cresce 25% no 3º tri; fintech testa Pix no mercado brasileiro

Receita da Wise cresce 25% no 3º tri; fintech testa Pix no mercado brasileiro

A Wise, fintech de transferência internacional de dinheiro online, anunciou hoje que teve aumento de 25% na sua receita no terceiro trimestre na comparação com igual período de 2020, totalizando £ 132,8 milhões. A fintech, com sede em Londres, também divulgou que está em fase de testes do PIX através de bancos parceiros no Brasil.

Segundo o comunicado, a Wise trabalha atualmente na integração com o parceiro bancário no Brasil para dar acesso à sua rede de pagamento instantâneo, PIX. “Executamos com sucesso nossas primeiras transferências de teste no final do trimestre e começaremos a distribuí-las aos clientes em outubro”, diz a fintech. Isso significa que as transferências de países como o Reino Unido e os EUA para o Brasil serão instantâneas. No geral, isso deve significar 3% a mais de transferências instantâneas até o final do quarto trimestre.

Ex-Transferwise, a Wise passou um período sem realizar transações do Brasil para o exterior, quando acabou a sua parceria com o MS Bank; em março deste ano, voltou a funcionar novamente, com as transferências passando a ser realizadas pelo banco J.P. Morgan.

A Wise atingiu pela primeira vez 40% de transferências instantâneas, resultado em parte do crescimento de 8% nas transferências instantâneas para a Ásia; 4% na América do Norte e 7% na Austrália. O resultado faz parte das estratégias adotadas há algum tempo pela fintech na sua jornada de perseguir a transferência de dinheiro internacional cada vez mais veloz.

A fintech de pagamento informou ainda que se dedicou no terceiro trimestre a entregar algumas melhorias como a redução da quantidade de falhas instantâneas, que caíram de 8% em seu pico para 0,77%.

Os pagamentos pela plataforma também ficaram mais rápidos. Neste terceiro trimestre, 40% de todas as transferências foram entregues instantaneamente – frente a 38% no segundo trimestre.

A precisão geral também melhorou entre o segundo e terceiro trimestre deste ano, elevando para 80% o índice de transferências realizadas no prazo- era 76% no segundo trimestre.

A Wise afirma que conseguiu redução de preços para 1,7 milhão de clientes.

Quase 4 milhões de clientes realizaram transações pela Wise no segundo trimestre do exercício fiscal de 2022, com o número de clientes pessoais ativos, crescendo 22% ano a ano para 3,7 milhões.

Leia também:

%d blogueiros gostam disto: