Mercado Pago e Santander lançam seguros contra fraudes e golpes financeiros com o PIX

Mercado Pago e Santander lançam seguros contra fraudes e golpes financeiros com o PIX

Ferramentas antifraudes e anti crimes cibernéticos desenvolvidas por empresas de segurança? Medidas regulatórias para cercear golpes? Não! A novidade agora é outra: o próprio mercado descobriu que pode atuar também nessa seara, explorando o nicho dos ataques e golpes contra transações financeiras digitais, como o PIX, que a pandemia potencializou.

O Santander anunciou nesta quinta-feira (21) o seu primeiro seguro voltado para transações indevidas via Pix. O chamado “Seguro Transações” custa a partir de R$ 9,99 ao mês, dependendo do plano escolhido, e indeniza o cliente que realiza, sob coação, transferências através de Pix, DOC, TED e TEF. O novo serviço será lançado para todos os correntistas do banco até novembro.

O Mercado Pago seguiu os passos do bancão e também anunciou a chegada de uma oferta de seguros destinados para oferecer a primeira solução de conta digital protegida da atualidade, com direito a PIX. A ideia está na disponibilidade de cobrir eventuais ocorrências, em especial em ambientes externos.

Leia no site Sonho Seguro, da jornalista Denise Bueno:

Entre as opções de contratação, estão seguros de perda, roubo e furto, proteção de compras, saques em dinheiro e saques e transferências sob coação – seja via PIX ou QR Code –, além de seguro em caso de morte e invalidez em decorrência de crime.

As proteções serão entregues em parceria com a seguradora BNP Paribas Cardif e fornecerão aos usuários informações de como contratar, acessar o certificado, abrir e gerenciar o sinistro.

O app ainda dará acesso aos detalhes da cobertura e termos de uso. Os assinantes também participarão do sorteio de capitalização, o qual consistirá em um benefício gratuito dado aos clientes que tiverem um dos seguros disponíveis.

“Com um ano de operação no segmento de insurtech, nossa estratégia inclui olhar para o seguro como ferramenta de acesso ao dinheiro digital, abrindo mais uma porta para a inclusão financeira dos brasileiros. A Conta digital e o Pix têm dado uma importante liberdade financeira aos brasileiros e nosso objetivo é assegurar que a população possa seguir usufruindo deles da melhor forma”, comenta Tulio Oliveira, vice-presidente do Mercado Pago, em comunicado.

Os clientes poderão solicitar um cartão de crédito do Mercado Pago e já contratar um dos seguros na hora da assinatura. Já a contratação pela conta ficará disponível no próximo mês de novembro. Serão dois planos de proteção: um de R$ 3,50 mensais e cobertura de R$ 5 mil; outro de R$ 5 mensais, para coberturas de até R$ 10 mil em pagamentos, compras e transações.

A partir desta sexta-feira (22), chegarão as opções de saque e transferência sob coação; roubo em caixa eletrônico; perda roubo ou furto; proteção de compra com o cartão; saque e transferência de PIX sob coação; roubo ou furto da bolsa; morte em decorrência de crime; invalidez permanente total ou parcial em decorrência de crime; e assistência funeral.

Leia também:

%d blogueiros gostam disto: