BTG+, C6 Bank, Santander e Nomad: o embate fintechs x bancos segue aquecido, com novos produtos e serviços

BTG+, C6 Bank, Santander e Nomad: o embate fintechs x bancos segue aquecido, com novos produtos e serviços
Lucas Vargas, CEO da Nomad

O BTG+, banco digital do grupo, anunciou parceria coma Livelo para troca de pontos acumulados com gastos nos seus cartões de crédito; o Santander agora abre conta digital e cartão sem tarifas nem anuidades – e ainda da 10 dias de cheque especial sem juros; o C6 trouxe a modalidade Pague com Pontos para o mercado brasileiro, em parceria com a MasterCard; e a Nomad acaba de lançar ao mercado uma carteira temática de investimentos em games.

O Pague com Pontos do C6 permite usar o saldo acumulado no Programa de Pontos Átomos como crédito em dinheiro para pagar compras na fatura do cartão. Esse recurso é conhecido no exterior como PWR, sigla para Pay With Rewards.

Segundo nota do C6, é possível utilizar o Pague com Pontos imediatamente após a aprovação da compra no cartão de crédito, quando a transação aparece na linha do tempo do cartão. Assim como no acúmulo de pontos, não é necessário esperar o fechamento da fatura para utilizar o benefício. Basta acessar a linha do tempo de cartões e trocar os pontos. O crédito do valor será realizado na fatura em aberto ou na próxima fatura.

A funcionalidade está disponível para todos os clientes que tenham um cartão C6 Carbon ou Cartão C6 que opere na modalidade crédito e que tenham saldo no Programa de Pontos Átomos. A interação acontece no ambiente de cartão de crédito.

O Santander está usando a isca conta + cartão gratuitos para tentar atrair de volta clientes perdidos para a concorrência. Nas letrinhas miúdas do anúncio, o banco avisa que a oferta está sujeita à aprovacão de crédito, que os produtos podem ser contratados de forma independente, exige que os clientes tenham chave PIX cadastrada – e que pode revisar a oferta a qualquer momento.

Reunindo empresas relacionadas à indústria gamer, a nova carteira da Nomad conta tanto com players responsáveis pela criação direta de jogos como pelo desenvolvimento de produtos e serviços que apoiam o setor. Chamada de ‘Gaming’, a carteira traz uma combinação de ações individuais e ETFs, que são avaliadas e balanceadas frequentemente com foco em uma melhor alocação de recursos e redução da volatilidade.

Com cifras bilionárias e apresentando um crescimento bastante robusto na última década, o mercado de games e eSports movimenta anualmente mais de US$ 300 bilhões, segundo relatório publicado recentemente pela consultoria global de gestão Accenture.

De acordo com Lucas Vargas, CEO da Nomad, nos últimos anos chama a atenção também o desenvolvimento do mercado de eSports, que rapidamente vem se estruturando e profissionalizando. “Tanto o mercado de games como de eSports passaram por grandes adaptações. Em games, a reinvenção dos jogos e a era digital transformaram o setor em um nicho produtivo e rentável. Já os eSports ganharam legitimidade, e hoje, temos torneios, premiações, patrocinadores e donos de times, tal qual acontece nos campeonatos de esportes tradicionais. Tudo isso traz uma grande oportunidade de expansão e investimento”, afirma.

Com a parceria entre Livelo e BTG+, os clientes do banco digital podem escolher juntar pontos convertidos dos seus gastos no cartão direto na Livelo, aproveitando as diversas opções do programa para trocar seus pontos.
Com a nova parceria, o cliente pode optar por receber seus pontos do cartão de crédito BTG+ direto na Livelo. Através desse benefício será possível trocar os pontos por viagens, serviços e produtos no catálogo da Livelo, que conta com mais de 800 mil itens, ou em mais de 8 milhões de lojas físicas.

Leia também:

%d blogueiros gostam disto: