Creditas, Neon e PicPay ainda contabilizam prejuízos, mas outras sete fintechs e bancos digitais entram no azul

Creditas, Neon e PicPay ainda contabilizam prejuízos, mas outras sete fintechs e bancos digitais entram no azul
Foto: Monstera
ATUALIZADO DIA 19/11, com informações sobre o resultado do PicPay no terceiro trimestre de 2021

Com a publicação do balanço do PicPay no dia 18/11, a temporada de resultados de fintechs e bancos digitais do terceiro trimestre está encerrada. Algumas das maiores, entre elas Nubank, C6 Bank e Neon somente divulgam seus números duas vezes por ano, já que não têm ações na Bolsa – ainda. O Ebanx, embora tenha protocolado confidencialmente seu pedido de abertura de capital nos Estados Unidos, ainda não revela seus números.

Creditas, Neon e PicPay ainda contabilizam prejuízos, mas outras sete fintechs e bancos digitais entraram no azul. Das três no vermelho, só uma – Creditas – diminuiu o prejuízo, enquanto PicPay e Neon aumentaram.

No terceiro trimestre de 2021, Banco Carrefour e Inter viraram o jogo em relação ao que apuraram há um ano, enquanto a Stone, mesmo com uma queda no resultado quando comparado ao do terceiro trimestre de 2020, comemora a recuperação de um segundo trimestre difícil. PagSeguro e ModalMais não só mantiveram o azul como melhoraram o resultado.

Olhando para as que apresentam números semestrais apenas – algumas, tardiamente – o destaque fica por conta do Nubank, que apresentou seu primeiro lucro em oito anos. Apesar dos números ainda modestos, o C6 Bank melhorou sua marca. Já o Neon teve um semestre pior.

Leia também:

%d blogueiros gostam disto: