Celcoin recebe autorização do BC para operar como Instituição de Pagamento, com acesso direto a CIP, SPB e SPI

Celcoin recebe autorização do BC para operar como Instituição de Pagamento, com acesso direto a CIP, SPB e SPI

A plataforma de Open Finance Celcoin recebeu autorização do Banco Central para atuar como Instituição de Pagamento (IP) na modalidade de emissor de moeda eletrônica e iniciadora de transação de pagamento.

Com a licença, a empresa poderá oferecer APIs de Open Banking para consultas de dados e iniciação de pagamentos. A empresa informou em nota que já está preparada para atender a certificação de segurança, conhecida como padrão FAPI, além da conformidade regulatória, e vem participando ativamente dos grupos de trabalho que estão definindo o padrão aberto no Brasil. A Celcoin passará também a ter acesso direto à CIP, SPB e ao Sistema de Pagamento Instantâneos (SPI) podendo oferecer novas soluções de infraestrutura de serviços financeiros. Com as conexões diretas e o volume atual de transações, a empresa estima um aumento da receita anual em mais de R﹩ 20 milhões.

“A autorização do Bacen permitirá que nossas soluções alcancem outro patamar. Poderemos emitir e liquidar boletos diretamente, habilitar as dezenas de empresas que usam nossa API de PIX para serem participantes indiretos, oferecer novas soluções de Open Banking e core banking, entre outros serviços”, disse Marcelo França, CEO da Celcoin.

A fintech já recebeu R$ 84 milhões em investimentos e atende 190 bancos digitais e fintechs, e 37.000 correspondentes bancários com sua plataforma de APIs, que processa mensalmente R$ 2,5 bilhões, volume 73% superior ao de dezembro de 2020.

%d blogueiros gostam disto: