Saiba o que são as construtechs e como elas afetam o mercado de imóveis – WEDOITI

Saiba o que são as construtechs e como elas afetam o mercado de imóveis – WEDOITI

UM CONTEÚDO WEDOITI

A construção civil viveu um momento de estagnação por cerca de cinco anos. Mais do que problemas relacionados ao cenário político e econômico do país, enfrentava a questão de não cumprir prazos e entregar o que o cliente deseja. E em um mundo cada vez mais tecnológico, no qual tudo é “para ontem”, isso se tornava um grande problema.

A insatisfação na compra de apartamentos ou casas novos crescia e as empresas viam seus lucros diminuírem. No entanto, a tecnologia mostrou que é possível mudar esse cenário, enxugar etapas e acelerar o processo, além de permitir que as construtoras entreguem algo o mais próximo possível do que o cliente imagina.

Surgem assim as construtechs, startups que enxergaram uma oportunidade no mercado imobiliário (e da construção civil) e entraram no setor com o objetivo de ajudar. Entenda o que são essas empresas e seu impacto no setor de imóveis.

O que são construtechs?

São startups criadas para atender exclusivamente as empresas da construção civil. Irão desenvolver e entregar tecnologias que ajudem construtoras e empresas da área, de forma a melhorar seus processos e resolver problemas.

Não atendem apenas as construtoras, mas também mineradoras, imobiliárias, empresas de arquitetura e empreiteiras.

Buscam inovar e acelerar processos, usando a tecnologia ao seu favor e com isso, auxiliam todas essas empresas envolvidas na área da construção civil.

No caso das imobiliárias, por exemplo, podem fornecer um serviço que auxilie o cliente na busca por coberturas à venda, acelerando o processo e, conquistando o interessado mais rapidamente. Consequentemente, as chances de fechar negócio se tornam mais altas.

Como elas podem ajudar as construtoras?

Existem várias formas de ajudar as construtoras e outras empresas que atuam neste mercado. Todas envolvem softwares e ferramentas tecnológicas usadas por estes setores. Atualmente, as construtechs entregam soluções efetivas e inovadoras em:

  • Aluguel, compra e venda de imóveis;
  • Canteiros de obras;
  • Aluguel de equipamentos;
  • Orçamentos;
  • Reforma e decoração de interiores;
  • Contratação de mão de obra;
  • Prospecção de terrenos;
  • Gestão e controle de estoques de materiais;
  • Gerenciamento de resíduos;
  • Manutenção predial;
  • Comunicação e gestão de condomínios;
  • Segurança do trabalho;
  • Compartilhamento de espaços;
  • Maquetes interativas e modelos 3D.

Quais são seus benefícios e impacto no mercado?

Como a área de construção civil envolve várias etapas, as construtechs visam facilitar e acelerar cada uma delas, com soluções mais efetivas. Dentre os problemas mais comuns evitados pelas startups estão orçamentos com gastos acima do esperado e dificuldade em manter a equipe do canteiro de obras motivada.

No entanto, não são apenas estes os seus benefícios, estas empresas também podem:

Diminuir custos operacionais

Os custos operacionais de todas as áreas envolvidas com a construção civil podem ser bastante reduzidos com a aplicação da tecnologia desenvolvida pelas startups.

Aumentar a segurança dos trabalhadores

Segurança do trabalho é algo muito pensado. Inclui desde o uso dos EPIs (equipamentos de segurança) até um ambiente propício e seguro para execução do serviço. A tecnologia permite analisar tudo isso e consequentemente evita acidentes.

Diminuir acidentes e falhas

O benefício é, na verdade, uma consequência do anterior. Se há mais atenção a segurança do trabalhador, são menores os riscos e acidentes. No caso das falhas, a análise e gestão dos materiais selecionados para a obra também reduzem esta questão.

Aumentar a produtividade do setor

Com mais segurança e organização, há mais chance de trabalhadores motivados. Não apenas no canteiro de obras, mas em todas as áreas da construção civil. Com isso, há aumento da produtividade.

Back-office, colaboração e mobilidade digital, execução no local de obras: as três áreas onde as construtechs atuam

As construtechs entregam um software que auxilia as empresas. No entanto, o seu melhor uso e gestão ainda é responsabilidade da construtora ou outra área envolvida.

A ferramenta será utilizada com o intuito de reduzir custos e levar às decisões mais acertadas. Assim, é importante que seja funcional e auxilie a todos.

Além disso, mais do que usar o software, a empresa precisa compreender e usar a seu favor todas as informações obtidas por meio dele. Entenda melhor as três principais áreas de atuação das construtechs e o que cada uma engloba:

Back-office

São as funções de contabilidade, finanças e RH das empresas envolvidas no mercado da construção civil.

As startups fornecem softwares e tecnologias que ajudam no controle de orçamentos e estoques, além do próprio quadro de funcionários. A ideia é integrar todos os dados, para que as empresas tenham acesso a eles a qualquer momento e evitar que se percam com o tempo.

Com uma visão clara de todas essas informações, fica mais prático tomar decisões, fazer orçamentos e até contratos. Ou seja, os processos se tornam mais rápidos e menos burocráticos.

Colaboração e mobilidade digital

As statups oferecem a implementação digital para que todos os dados fiquem online e de fácil acesso a todos os envolvidos nos processos. Todos os colaboradores envolvidos na construção de um imóvel, por exemplo, precisam se comunicar para fazer um alinhamento das ideias.

Porém, quando tudo não está digitalizado, há o risco de algumas informações passarem batidas.

Então, as construtechs mudam isso, permitindo que tudo seja centralizado e acessado a qualquer momento e em qualquer lugar. O resultado é uma troca de ideias mais clara e eficiente.

Execução no local de obras

Aqui estão ferramentas tecnológicas que podem ser utilizadas no canteiro de obras e vão ajudar na produtividade. Alguns exemplos envolvem acesso ao número de horas trabalhadas e até acompanhamento em tempo real da equipe.

Além de atuar no gerenciamento de tempo, essas tecnologias também são úteis para contribuir para a segurança dos trabalhadores.

Com isso, conseguem rastrear, monitorar e informar rapidamente sobre qualquer incidente ou falha que venha a acontecer.

Benefícios para o setor imobiliário

Dentre os principais benefícios das construtechs para o setor imobiliário, podemos citar:

  • Economia e redução de gastos desnecessários
  • Tomada de decisão mais rápida dos clientes
  • Lucros maiores
  • Aumento da satisfação do cliente

Todos os benefícios são resultados de processos mais eficientes e menos burocráticos, o que garantem a satisfação e o interesse dos clientes em continuar negociando com a imobiliária.

%d blogueiros gostam disto: