Em três meses, fintechs brasileiras recebem 30% do total dos aportes recebidos em 2021; segundo a Distrito, já são 1.289 startups financeiras

Em três meses, fintechs brasileiras recebem 30% do total dos aportes recebidos em 2021; segundo a Distrito, já são 1.289 startups financeiras
Top 100 fintechs brasileiras/Distrito

Em três meses, as fintechs brasileiras receberam US$ 1,12 bilhão, 30% do total dos aportes recebidos em 2021, segundo a consultoria Distrito – que mapeou 1.289 delas até março. No entanto, sinais de desaceleração não apontam para um novo recorde, apenas para um ano tão bom (ou quase) quanto 2021.

A maior parte dos investimentos (82) nos últimos 15 meses foram em rodadas seed, em fintechs de crédito; quando o critério é o volume, rodada G lidera (embora com apenas duas operações), preferencialmente em serviços digitais.

São 1.289 fintechs, a maioria de crédito (225, ou 17,5%), em segundo lugar há praticamente um empate entre as meios de pagamento (185, ou 14,4%) e as de backoffice (183, ou 14,2%). As fintechs de criptomoedas vem crescendo rapidamente e já somam 88 (6,8%).

Acompanhe o perfil do mercado traçado pela Distrito nos gráficos abaixo. O estudo completo está aqui.

One thought on “Em três meses, fintechs brasileiras recebem 30% do total dos aportes recebidos em 2021; segundo a Distrito, já são 1.289 startups financeiras

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: