Fintechs avançam em parcerias com comércio, bancos e seguradoras; somente em abril, foram anunciadas pelo menos cinco

Fintechs avançam em parcerias com comércio, bancos e seguradoras; somente em abril, foram anunciadas pelo menos cinco

TecBan + Agi, RecargaPay + Pão de Açúcar, Remessa Online + Americanas, EQI + Mercado Bitcoin. As quatro novas parcerias do mercado foram anunciadas somente na semana passada, mostrando que o as fintechs estão avançando a passos largos em parcerias com o varejo, bancos e seguradoras. No começo de abril, o Nubank ampliou sua parceria com a seguradora Chubb, que agora visa replicar o modelo com outras fintechs na América Latina.

A TecBan anunciou a implantação e gestão de 100 caixas eletrônicos do Agi, plataforma digital de serviços financeiros. O objetivo é aderir a outra tendência do momento, o phygital – atendimento online e presencial.

“Fomos escolhidos para apoiá-los na estratégia de ampliação das lojas de atendimento físico aos clientes”, conta Vitor Chiavelli, diretor de desenvolvimento de negócios e de relacionamento da TecBan. Em cinco anos, o Agi tem a meta de chegar a duas mil unidades. Para isso, a TecBan implantou caixas eletrônicos de manufatura própria, de acordo com as necessidades da plataforma.

“Estamos disponíveis em 12 diferentes canais de contato para atendimento. Oferecemos uma jornada digital ao nosso cliente garantindo todo o suporte e o acolhimento que ele precisa por meio das nossas mais de 850 lojas em todas as cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes. Temos uma rede física comparável aos grandes varejistas brasileiros para garantir inclusão financeira e digital, especialmente para a população 50+ não incluída pelas grandes instituições”, diz Matheus Girardi, diretor de clientes do Agi.

RecargaPay e Remessa Online, Pão de Açúcar e Americanas

Já o RecargaPay chegou nas lojas do Pão de Açúcar e também nos seus respectivos e-commerces e aplicativos. Para incentivar o uso, os parceiros criaram uma promoção que dá R$10 de desconto para novos clientes do aplicativo que optarem por pagar as compras com PIX até 13 de maio.

“A economia e conveniência são fatores primordiais nos serviços que oferecemos, e buscamos firmar parcerias que nos permitam levar isso cada vez a mais pessoas. Além de poder ganhar R$ 10 de desconto em suas compras no Pão de Açúcar e no Extra, os clientes vão poder experimentar a ferramenta e ver como é fácil a sua utilização,” disse Felipe Costa, gerente de Parcerias e Novos Canais da RecargaPay, em nota.

A Remessa Online, fintech de transferências internacionais, fechou parceria com a Americanas, plataforma que atua principalmente no segmento de varejo. Com a ação, as startups contempladas pela recém-lançada plataforma de Corporate Venture Capital da Americanas terão desconto de 10% ao realizar movimentações financeiras internacionais por meio da plataforma, além de contarem com uma consultoria fornecida pela própria Remessa, especializada no assunto. A fintechatua como facilitadora no processo de aporte de capital estrangeiro com caráter técnico-consultivo.

“Compartilhamos com a Americanas o objetivo de ajudar novos negócios a crescerem – é por isso que, inclusive, construímos o Remessa for Startups, nossa solução voltada para startups que precisam receber aportes do exterior e a API FX as a Service (FXaaS), que possibilita a integração da nossa solução de transferências internacionais às plataformas de outras empresas”, diz em nota Alexandre Liuzzi, diretor de estratégia da Remessa Online.

E o Mercado Bitcoin, maior plataforma de negociação de criptoativos da América Latina, se uniu à EQI Investimentos para criar uma nova empresa, com o objetivo de oferecer acesso a criptomoedas e outras classes de ativos digitais para uma carteira qualificada. Segundo ambos, o movimento é inédito no mercado.

Bitcoin, Ethereum e tokens

O Mercado Bitcoin negocia, além de criptomoedas como Bitcoin e Ethereum, uma série de outros ativos digitais, como tokens de precatórios e de consórcios ou, ainda, de direitos do Mecanismo de Solidariedade da FIFA. São mais de 140 tipos de ativos que estarão à disposição da base de 55 mil clientes da EQI, que tem R$ 14,5 bilhões sob custódia.

Já a EQI tem uma das maiores estruturas de assessoria de investimento do país, uma gestora de ativos com aproximadamente R$ 2 bilhões sob assessoria e uma ampla carteira com os melhores produtos de investimento aos quais os clientes do Mercado Bitcoin passam a ter acesso.

“Desde nossa fundação, conquistamos cerca de 3,5 milhões de clientes.  Agora, pretendemos aumentar esse número, diversificando o canal por meio dessa iniciativa focada no B2B. Vamos alcançar mais pessoas, com um ticket médio de investimento importante e que estão à procura de novas formas de retorno, com segurança e liquidez”, afirma Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin, acrescentando que esta é uma das parcerias que a exchange está fechando, com alta demanda no pipeline.

A EQI, que prepara-se para se tornar uma corretora de valores nos próximos meses, enxerga na união de forças um caminho para dobrar de tamanho ainda neste ano. “Vamos passar a atuar mais fortemente em criptos e teremos acesso à ótima carteira de cliente do Mercado Bitcoin. É uma dessas parcerias em que o ‘ganha-ganha’ é uma realidade” afirma Custódio.

Aliança internacional

O Nubank e a Chubb, maior seguradora de propriedade e responsabilidade civil de capital aberto do mundo, decidiram expandir sua aliança para criar novas ofertas de seguros para os 53,9 milhões de clientes Nu. O novo acordo inclui a possibilidade de desenvolvimento de outras categorias desses produtos no Brasil e coloca em perspectiva a introdução da unidade de negócios de seguros do Nubank também no México e na Colômbia.

“O Nubank entrou no mercado de seguros para reinventar o setor com uma experiência 100% digital, ágil, simples e adaptável às necessidades de cada cliente. Nós queremos expandir ainda mais nossa presença neste mercado com opções de produtos que combinam a experiência do Nubank em tecnologia, foco no cliente e grande base de clientes com a liderança e presença global da Chubb em seguros”, destaca Livia Chanes, vice-presidente de produtos do Nubank. 

“Na Chubb, estamos orgulhosos de colaborar com o Nubank, trazendo nossa subscrição de classe mundial e recursos avançados de integração digital para co-criar produtos e serviços. Nossa abordagem oferece uma experiência otimizada que permite que os clientes selecionem as proteções de que precisam de maneira fácil e intuitiva, com apenas alguns cliques”, disse Marcos Gunn, vice-presidente sênior do Grupo Chubb e presidente regional para a América Latina.

%d blogueiros gostam disto: