Ícone do site Fintechs Brasil

Compras remotas com cartões crescem 35% no primeiro tri: foram R$ 162 bi, dos quais R$ 158 bi no crédito; pagamento sem contato avança 456%

A digitalização da economia brasileira não tem volta, ao contrário: mesmo com a flexibilização das medidas de prevenção à Covid19, ela só avança. Segundo dados da Abecs, associação que representa o setor de cartões, as compras remotas com cartões aceleraram 35% no primeiro trimestre: foram R$ 162,4 bilhões, dos quais 97% no crédito.

Fonte: Abecs

Outro dado impressionante foi o aumento de 456% das compras com cartões por aproximação, hábito que acelerou com a pandemia e também veio para ficar. No primeiro trimestre do ano, foram transacionados mais de R$ 103 bilhões por essa tecnologia sem contato. A modalidade superou pela
primeira vez os 30% do total das transações presenciais. Segundo a Abecs, a expectativa é que, ainda em 2022, em torno da metade das transações presenciais seja por aproximação.

Fonte: Abecs

No total, o volume das operações com cartões avançou 36%, movimentando R$ 758,6 bilhões. O destaque foi o uso do cartão de crédito, que cresceu 42,4%, registrando R$ 478,5 bilhões. O segundo maior volume no período foi o do cartão de débito, que movimentou R$ 235,4 bilhões e cresceu
15,2%. Já o cartão pré-pago somou R$ 44,6 bilhões, com crescimento de 148,4%.

Fonte: Abecs

Veja o relatório completo aqui.

Sair da versão mobile