FINTECHS BRASIL NEWS

FINTECHS BRASIL NEWS

Aqui você encontra todas as edições da newsletter semanal do portal Fintechs Brasil. Assine!

Ano II – NÚMERO 06: Israel invade o Brasil


Fintechs israelenses invadem o Brasil: Rapyd dobra aposta e Personetics chega em 2022, seguindo PayKey e MoneyNetint
Investidas diretas de brasileiros em Israel também proliferam, como as da Fintron, Weel e Sling – a primeira em fase de captação de “money seed” e as duas últimas adquiridas 
ANO II – NÚMERO 5: MARKETPLACE É POP!
ANO II – NÚMERO 4: EMPREENDEDORAS II, A MISSÃO
ANO II – NÚMERO 3: CAUTELA E CALDO DE GALINHA
O Open Banking já escalou à terceira fase, mas continua em período de ajustes. A maioria das fintechs, cuja adesão é opcional, ainda está fora do sistema financeiro aberto e de compartilhamento de dados dos clientes.
ANO II – NÚMERO 1 OPEN BANKING III: A MISSÃO
Nubank, C6, Neon, Mercado Bitcoin, SumUp, e diversas outras fintechs e bancos digitais deixaram a timidez de lado e passaram a expor suas marcas em lugares ao alcance dos consumidores de massa.
ANO I – NÚMERO 49: NOVO LAYOUT E MAIS…
A Abecs, associação dos emissores de cartões, colocou na praça o projeto piloto “crediário no cartão”.  A iniciativa concorre diretamente com o mecanismo “buy now pay later” e dribla o novo arranjo de recebíveis de cartões
ANO I – NÚMERO 48: HERÓI OU VILÃO
barcode cellphone close up coded

Com as novas regras do PIX começando a entrar em vigor — as limitações de valores e horários estão valendo desde o dia 4/10, mas vem por aí –, a repórter especial Denise Ramiro saiu a campo nesta semana para colher opiniões de especialistas e executivos de fintechs.
ANO I – NÚMERO 46: FAÇAM SUAS APOSTAS!
Nomad vai lançar cartão de crédito e remessas em outras moedas
A fintech Nomad, um “neobanco americano para brasileiros”, vai entrar em novos negócios no ano que vem: remessas internacionais em outras moedas além do dólar e em cartões de crédito, diz Lucas Vargas, CEO da Nomad.
ANO I – NÚMERO 44: QUEM TEM MEDO DA INCLUSÃO
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Sem-titulo-3-1024x580.png
Levantamento do Instituto Propague “Mercado de pagamento em dados – 2T 2021” trouxe novos números, bem objetivos, que comprovam a rápida inserção e adesão de novas tecnologias no setor de pagamentos.
ANO I – NÚMERO 42: INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL
O mundo corporativo está sempre atrás de aumentar receitas e reduzir despesas, o que hoje é praticamente impossivel sem tomar uma injeção de tecnologia. No caso das fintechs, tecnologia é tudo – e Inteligência Artificial (AI), uma parte da ciência da computação focada em criar máquinas capazes de pensar e aprender, é cada dia mais fundamental.

ANO II – NÚMERO 2: NEWS PARA DAR E VENDER
À uma da madrugada os três sócios da QI Tech estouraram um champanhe para comemorar o primeiro aporte: os R$ 270 milhões serão usados em M&A.
ANO I – NÚMERO 50: PIX, PIX E MAIS PIX
O PIX continua na crista da onda – como diziam antigamente! Nesta edição, só deu ele, que está prestes a completar um ano de vida. No novo LeftBank, por exemplo, o PIX cobrança é uma das funcionalidades que serão anunciadas em breve.
ANO I – NÚMERO 47: ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO
O setor das startups de finanças está atingindo patamares de valorização inéditos, resultado de muita liquidez e disputa pelas melhores do mercado. Recentemente, vimos o C6 atingir valuation de R$ 25 bilhões, o Nubank ser avaliado em US$ 30 bilhões e a ADDI triplicar seu valor.
ANO I – NÚMERO 45: CIBERCRIMES EM ALTA
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Sem-titulo-2-1024x580.png
Os crimes financeiros estão incomodando de “bancões” a fintechs. A Febraban e o Ministério da Justiça iniciaram neste mês as tratativas para criar uma Estratégia Nacional de Combate ao Crime Cibernético.
ANO 1 – NÚMERO 43: A HORA E A VEZ DAS “PAYS”
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é $6wc3hsbf2wd
A implantacão do Open Banking no Brasil não vai resolver o problema da exclusão financeira no país. “Como fica quem ainda é desbancarizado, ou mesmo sub bancarizado? pergunta Carolina Rezemini, diretora da Credolab.
ANO I – NÚMERO 41: EMPREENDER E INVESTIR
Quando o investidor anjo Fábio Póvoa, de 45 anos, vendeu a sua participação na Movile, dona do iFood, para o empresário ricaço Jorge Paulo Lemann, ganhou dinheiro suficiente para adquirir sua independência financeira. “Foi o meu evento de liquidez. Dá para dizer que com o negócio passei a não precisar mais trabalhar para pagar a escola das crianças e o aluguel no final do mês”, conta Póvoa.

OUTRAS EDIÇÕES:

Ano I – Número 42

Ano I – Número 41

Ano I – Número 40

Ano I – Número 39

Ano I – Número 38

Ano I – Número 37

Ano I – Número 36

Ano I – Número 35

Ano I – Número 34

Ano I – Número 33

Ano I – Número 32

Ano I – Número 31

Ano I – Número 30

Ano I – Número 29

Ano I – Número 28

Ano I – Número 27

Ano I – Número 26

Ano I – Número 25

Ano I – Número 24

Ano I – Número 23

Ano I – Número 22

Ano I – Número 21

Ano I – Número 20

Ano I – Número 19

Ano I – Número 18

Ano I – Número 17

Ano I – Número 16

Ano I – Número 15

Ano I – Número 14

Ano I – Número 13

Ano I – Número 12

Ano I – Número 11

Ano I – Número 10

Ano I – Número 9

Ano I – Número 8

Ano I – Número 7

Ano I – Número 6

Ano I – Número 5

Ano I – Número 4

Ano I – Número 3

Ano I – Número 2

Ano I – Número 1