FINTECHS BRASIL NEWS

FINTECHS BRASIL NEWS | Ano II – #27| Captações, M&A e criptos

A semana que passou foi bastante intensa para as fintechs, com destaque para aportes, M&As e criptomoedas, envolvendo de Nubank a XP, Dock, Ebury, iCertus, Bexs, Matera, Onidata, Working Capital, Solfácil… Apesar da queda de mais de 50% do bitcoin nos útlimos seis meses, o interesse não pára de crescer: o Nubank passou a permitir a negociação de criptos no seu app, e a XP voltou ao mercado.


EDIÇÕES ANTERIORES

Confira aqui todas as edições do ano II da nossa newsletter!

Ano II – #26| Fintechs resistem

Todo começo de mês, chegam relatórios e mais relatórios, brasileiros e gringos, com a movimentação no mercado de startups no mês anterior. Na semana passada, os números divulgados confirmaram a desaceleração dos investimentos – e a resiliência das fintechs. Pelo menos até agora, pelo menos no Brasil, as startups de finanças seguem resistindo.

Ano II – #25| Abril ou fevereiro?

É fato, motivado por diversos fatores. Mas, há quem veja as fintechs em um lugar privilegiado: “Ainda há muito espaço a ser ocupado no aquário de serviços financeiros no Brasil, ainda há muita ineficiência a ser endereçada”, diz Julia De Luca, tech manager do Itaú BBA. Não deixe de assistir à entrevista em vídeo com Julia, pois ela sabe o que diz: afinal, lida diariamente com investidores, startups e corporações em um dos maiores bancos de investimento da América Latina.

Ano II – #22| Novidade à vista!

Vou lançar aqui apenas um teaser, sem spolier: vem novidade por aí. Muito em breve, Fintechs Brasil – notícias e negócios vai inaugurar seu lado “negócios”! É inédito, digital e muito útil não apenas para fintechs, mas para startups em geral. E também para investidores e jornalistas! Fiquem ligados no portal, que o anúncio será feito por lá e pelos nossos perfis nas redes sociais.

Ano II – #21: Ambev abre banco

Temos novidades! Ambev apostando mais fichas na fintechização – acaba de criar um banco! -, e PicPay anunciando que vai passar a investir menos em marketing para virar o jogo do prejuízo. Só aqui em FINTECHS BRASIL!

Ano II – #20: Até você, Apple?

Nesta semana conheci ao vivo e a cores a Melicidade – cidade sede no Brasil do Mercado Livre, dono da fintech Mercado Pago. O lugar é impressionante, e mesmo ainda com boa parte dos 12 mil funcionários em home office, já dá para ter uma ideia do que esse gigante argentino representa. Os números são todos superlativos. A fintech, capitaneada por Tulio Oliveira, entrou no mesmo espírito da holding: let’s growthfit! O que isso significa? Crescer sim, mas com rentabilidade. Leia mais na reportagem abaixo para saber dos planos do grupo – principalmente da fintech. Além dessa cobertura in loco – que merece ser citada, afinal, fazia dois anos que esses eventos não aconteciam – trazemos também duas notícias internacionais. A primeira: até a Apple quer virar fintech. Será? Bem, o primeiro passo a dona do iPhone já deu, ao comprar a britânica Credit Kurdos. A outra novidade vem da Colômbia: a Simmetrik levantou US$ 20 milhões e quer crescer no Brasil.

Ano II – #19: Fintechers, acordem!

A primeira história da seção PENEIRA de 2022 chega em grande estilo: uma reportagem muito bem apurada e muito bem escrita pelo repórter especial Dario Palhares, sobre um assunto ainda meio tabu entre as fintechs: acessibilidade digital. Nela, o leitor vai descobrir em que pé estão as iniciativas e  perceber que ainda há um caminho longo a trilhar. A sociedade precisa pressionar, e nós, como jornalistas, devemos dar combustível para essa pressão virar ação. Como disse João Bezerra Leite, investidor anjo e engajado em movimentos como Web Para Todos: “Fintechers, acordem – há um mar de oportunidades”.

Ano II – #18:Inter_Peneira, Mulheres e e-Book

Temos duas novidades pra contar. A primeira é a inauguração da coluna INTER_PENEIRA, a cargo do nosso repórter especial Dario Palhares, que vai selecionar e explicar as notícias internacionais mais relevantes sobre fintechs. Clique aqui para ler a coluna de estreia, que traz histórias dos EUA, Singapura, Espanha e Israel. A segunda novidade, conforme prometido na newsletter anterior, é o lançamento do e-book com as oito principais tendências para as fintechs em 2022. As reportagens, também de autoria de Dario Palhares, foram compiladas com um design amigável e supercaprichado pela nossa artista gráfica Camila Belintani. Clique aqui para baixar sua cópia, ‘de grátis’.

Ano II – #17: Agora é pra valer?

Trazemos as duas últimas partes do Especial Tendências 2022 – uma é sobre o interesse crescente dos fundos de pensão em fintechs, e outra sobre as expectativas em relação ao novo marco de garantias de empréstimos. Ambas assinadas por Dario Palhares. Na semana que vem, vamos reunir todas em um ebook para você baixar, guardar e consultar quando quiser ao longo do ano!

Ano II – #16: É Carnaval pras fintechs?

Estamos em véspera de feriado prolongado de Carnaval – e mesmo sem folia nas ruas, faz parte da nossa cultura parar para respirar nessa época. Então, que seja bem vinda essa pausa! E sejam bem vindos também todos que estão aqui lendo o resumo da semana que preparamos.

Ano II – #15: SÓ CEO´s

Depois de um intervalo de duas semanas, o programa Só_CEOs do nosso canal no YouTube voltou, com duas entrevistas que valem por três! O CEO da Zoop, Fabiano Cruz, fala sobre tendências e mercado de pagamentos digitais, e o do Impact Bank, Gabriel Rinbenboim, fala sobre finanças sustentáveis – que visa o lucro, sim, mas um lucro que seja justo e seja capaz de ajudar a mudar o mundo.

Ano II – N° 13: Um ano de Open Banking

O Open Banking completou um ano. Desde que começou, em 1/2/2021, foram contabilizados 231 milhões de interações (segundo a Febraban) e 3,3 milhões de consentimentos para o compartilhamento de dados (segundo o Banco Central). 

Ano II – N° 12: O ano começou muito bem

O segmento vem em uma crescente acelerada há dois anos, mas tudo indica que ainda tem muito chão – ou céu – pela frente.

Ano II – N° 11: Não é só no Brasil

O maior banco americano, JPMorgan, vai aumentar seus investimentos em tecnologia em 30% neste ano, para R$ 15 bilhões. O motivo? enfrentar a concorrência das fintechs. Ou seja: não é só no Brasil que os incumbentes estão se mexendo. Aliás, por aqui, o JPMorgan vem investindo diretamente em fintechs: primeiro foi o FitBank, depois o C6.

Ano II – N° 10: 1.264 E CONTANDO

Para quem não leu no site, segue aqui duas reportagens exclusivas nesta segunda edição de 2022. A primeira é uma entrevista com o reitor do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia, que pratica o que defende: inovação. Com um programa especial, a universidade leva os alunos a resolverem problemas trazidos por empresas que tem beneficado, até, algumas fintechs.

Ano II – #09 : ANÁLISES E PREVISÕES

A edição de hoje reúne cinco artigos de especialistas em finanças, tecnologia e inovação que ajudam a pensar sobre o que vem por aí em 2022. 

Ano II – #08 : ATÉ JANEIRO!

A semana que passou marcou o começo da quarta e última fase do Open Banking – e a transição para Open Finance, ou seja, para a abertura e compartilhamento de dados dos clientes de forma mais ampla. O Banco Central decidiu escalonar essa quarta fase para incorporação de outros mercados (câmbio, seguros…) aos poucos.

ANO II – NÚMERO 06: ISRAEL INVADE O BRASIL

Neste mês, mais duas fintechs anunciaram a entrada no marketplace, fortalecendo um movimento que acontece no segmento como forma de diversificar os serviços e manter os clientes por mais tempo em suas plataformas.

ANO II – NÚMERO 5: MARKETPLACE É POP!

Neste mês, mais duas fintechs anunciaram a entrada no marketplace, fortalecendo um movimento que acontece no segmento como forma de diversificar os serviços e manter os clientes por mais tempo em suas plataformas.

empreendedorismo feminino

ANO II – NÚMERO 4: EMPREENDEDORAS II, A MISSÃO

No ano passado, Fintechs Brasil publicou um especial sobre mulheres em fintechs para comemorar o Dia Internacional do Empreendedorismo Feminino e agora, repetimos a dose – mas mudamos os personagens. Confira!

ANO II – NÚMERO 3: CAUTELA E CALDO DE GALINHA

O Open Banking já escalou à terceira fase, mas continua em período de ajustes. A maioria das fintechs, cuja adesão é opcional, ainda está fora do sistema financeiro aberto e de compartilhamento de dados dos clientes.

ANO II – NÚMERO 2: NEWS PARA DAR E VENDER

À uma da madrugada os três sócios da QI Tech estouraram um champanhe para comemorar o primeiro aporte: os R$ 270 milhões serão usados em M&A.

ANO II – NÚMERO 1 – OPEN BANKING III: A MISSÃO

Nubank, C6, Neon, Mercado Bitcoin, SumUp, e diversas outras fintechs e bancos digitais deixaram a timidez de lado e passaram a expor suas marcas em lugares ao alcance dos consumidores de massa.

EDIÇÕES ANO I: